Na tarde desse sábado, 31 de março, Palmeiras e Corinthians voltaram a se enfrentar em uma decisão de Campeonato Paulista, algo que não acontecia desde 1999. Em jogo tenso e muito disputado ,o Palmeiras levou a melhor, venceu por 1 a 0, e agora joga por um empate no jogo de volta ,que acontecerá no próximo domingo, 8 de abril, no seu estádio, que terá lotação máxima.

O Palmeiras jogou de forma aguerrida e com estratégia de time campeão, pois soube buscar o gol que lhe deu a tranquilidade para administrar o resultado até o final da partida.

O técnico corintiano, Fábio Carille, bem que tentou, mas não conseguiu furar o forte e bem montado sistema defensivo do alviverde de Parque Antártica.

Ainda que o Palmeiras não tenha feito uma partida excepcional, soube jogar com tranquilidade e anular os pontos fortes de seu adversário, que em nenhum momento conseguiu nem mesmo acender sua torcida, que ficou na maior parte do tempo sem ver grandes lances ou os avanços de sua equipe.

Roger, técnico do Palmeiras, soube neutralizar o meia Rodriguinho, que atualmente tem sido peça decisiva nas atuações do Alvinegro.

Desta forma, sem ter grandes articulações e sem ter um centroavante efetivo, o Corinthians levou pouco perigo ao gol do grande goleiro Jailson, que nas poucas oportunidades em que teve para mostrar serviço, confirmou sua excelente fase e qualidades.

No jogo de volta, o Palmeiras, que terá no meio de semana um jogo difícil pela Libertadores, deverá se preocupar em montar uma equipe forte, com a mesma pegada tática e que esteja fisicamente pronta para segurar o elenco corintiano, que certamente não quer deixar escapar o bicampeonato paulista, que há muitos anos não consegue.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Palmeiras

Sem Felipe Mello, que provavelmente ficará de fora por ter sido expulso no jogo desse sábado, Roger terá que encontrar o substituto ideal para manter a forte marcação na cabeça de área alviverde e a qualidade nos passes para encaixar os contra ataques que poderão decidir quem ficará com a taça em 2018.

Ao Corinthians resta buscar uma estratégia vencedora para furar o sistema defensivo do adversário e jogar sem se preocupar com a torcida adversária, que certamente lotará o Allianz Parque em busca do Campeonato Paulista que há alguns anos não conquista.

A parte triste do espetáculo ficou por conta de alguns jogadores que ainda acreditam que brigar e ofender seus adversários são partes vivas deste esporte tão bonito e que movimenta milhões em todo o mundo.

Agora é fazer suas apostas e torcer por um jogo decisivo que fique marcado na história por belas jogadas e lindos gols. Que vença o melhor.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo