Já era hora do revide, talvez esteja sendo tardio, mas o mais importante é que está acontecendo. Todas as dificuldades e percalços enfrentados pela sociedade brasileira ao longo da história revelam um certo tipo de procrastinação, no popular serviria o termo "acomodação" para caracterizar o estado inerte do povo. Nossa gente desconhece o poder e a real autoridade que possui, entretanto em manifestos como a denominada "Greve dos Caminhoneiros" parece aflorar tais poderes.

As consequências negativas oriundas da má administração minam os brasileiros e os tornam cada vez mais estáticos e desmotivados para a busca de "algo melhor".

E esse algo melhor é seu por direito, ou seja, o mínimo para o cidadão viver decentemente e proporcionar algum conforto a sua família e acredite, tudo isso consta na Constituição Federal de 1988.

Será que o destino da nação continuará sendo manipulado por uma minoria privilegiada?

Pense comigo, a informação está ao alcance de todos e em diversos veículos de comunicação, mais do nunca a população está insatisfeita com o Governo, afinal são impostos e tributos intermináveis para uma prestação de serviços sociais pífia. E ainda temos o envolvimento de nomes importantes da administração do país em crimes variados, como o de corrupção por exemplo, passíveis de penas severas.

Movimentos sociais como a Greve dos Caminhoneiros inspiram a população para o embate de ideias, para o questionamento de velhas maneiras de fazer Política e traz a inquietação à tona.

Essa manifestação é de fundamental importância, pois dela se originam mudanças substanciais para a nação, ficam em evidência os direitos do cidadão a liberdade de expressão, além de servir como uma espécie de gatilho para outros protestos (que devem ser realizados de maneira pacífica).

O governo e setores responsáveis cederão a greve em protesto ao valor dos combustíveis, entretanto se a gestão do estado seguir no mesmo ritmo dos últimos anos, o número de manifestações tende a aumentar e se intensificar.

Depois virão diversas delas, umas mais intensas e outras menos, mas a mudança acontecerá de maneira gradativa e isso será observado e estudado. Como tudo naturalmente evolui, assim o país caminhará para a evolução, não se sabe em que tempo se dará essas transformações, poderá levar em torno de um século ou até mais.

Mas isso não importa, o primordial é ver o Brasil de pé, aguerrido e bravo lutando por seus ideais.

Siga a página Governo
Seguir
Siga a página Política
Seguir
Siga a página Petrobras
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!