Nesta quinta-feira (17) foi preso um pastor suspeito de abuso sexual a uma criança de apenas 5 anos, na grande BH. O religioso de 58 anos confessou o crime, segundo a Polícia. A menina estava na casa da madrinha quando foi abordada pelo pastor, que conseguiu ludibriar a criança com muitos doces.

O pai da garotinha a encontrou chorando muito com o religioso ao lado com as mãos cheias de pirulitos e balas.

Ninguém entendia o motivo do horror da menina até que o crime foi descoberto. O pastor era amigo da família e estava fora de qualquer suspeita até então.

O suspeito foi pego quando estava trabalhando em uma fazendo e tentou fugir. Infelizmente crimes desse tipo são bem comuns. Os abusos geralmente ocorrem por pessoas próximas e raramente por estranhas, como muitos acreditam. Alguns pedófilos tem sido revelados como lobos em pele de cordeiros, pois se disfarçam através de uma imagem de pessoa séria e totalmente fora de suspeitas.

Doente ou criminoso?

De acordo com um artigo publicado pelo JusBrasil, o pedófilo possui atração exclusiva por crianças, se abstendo de relações íntimas com adultos. Não necessariamente ele se tornará um abusador. Porém, o pedófilo criminoso é aquele que possui atração tanto por adultos como por crianças e que realmente realizam seus planos de ataque aos inocentes.

Os pedófilos considerados doentes têm um comportamento compulsivo, são os que agem de maneira premeditada, aproveitando as oportunidades onde crianças possam estar desprotegidas e vulneráveis.

Como proteger as crianças?

O criminoso planeja seu crime observando o comportamento de famílias que possuem crianças, para ver suas possíveis chances de ataque à vítima.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia Música

Ele pode se infiltrar como um amigo íntimo da família, preparando o terreno, conquistando a confiança de todos para poder ficar a sós com as crianças.

Embora a criança esteja em um ambiente considerado seguro, como a casa dos pais ou de uma madrinha, como no crime mencionado acima, não é prudente deixá-la com um estranho, mesmo que ele aparente extrema confiança. Se um adulto gosta de crianças ele vai procurar interagir com ela no meio das outras pessoas e nunca vai pedir para ficar sozinho com ela ou tentar atraí-la para outro lugar.

Desconfie de comportamentos onde o adulto queira estar a sós ou que mantêm segredos com muita intimidade com crianças. Sobretudo, mantenha o diálogo aberto com os filhos para que eles informem qualquer coisa estranha que venha acontecer.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo