Os elencos de Brasil e Bélgica protagonizaram o segundo jogo das quartas de final, e o mundo presenciou uma batalha grandiosa do lendário campeão cinco estrelas contra um elenco de exímia qualidade, que mais parece um algoz dragão vermelho de antigas histórias medievais, pois, até aqui, todos que cruzaram o seu caminho foram terrivelmente carbonizados pela robustez do seu Futebol que verdadeiramente incendeia, e, desta vez, a vítima foi a seleção brasileira.

Eis que a Copa do Mundo da Rússia 2018 cada vez mais se afunila; exigindo que somente os melhores em todos os sentidos possam seguir em frente. A França torna-se o primeiro semifinalista deste torneio épico ao derrotar a Celeste olímpica com maestria, comprovando claramente, que num torneio épico desta magnitude; não há tolerância para erros, e tendo em vista o elevado nível das partidas, a diferença entre a vida e a morte na competição está na eficiência aplicada nos detalhes que ocorrem em campo.

A Bélgica vem sendo um time de uma brilhante qualidade técnica, tática e principalmente emocional, que fora incrivelmente provado para o mundo depois da virada histórica nas oitavas de final contra a seleção japonesa onde estava perdendo de 2 a 0 e sob uma pressão inefável. Vale a pena enaltecer que a Bélgica venceu o Japão por 3 a 2, sendo que o último gol foi num contra-ataque magistral faltando segundos para acabar a partida no tempo normal, enfim, o elenco rubi rutilou no final.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol PaixãoPorFutebol

A seleção do Brasil é um elenco de respeito atemporal, afinal trata-se do único pentacampeão mundial de futebol, sendo o time que nunca deixou de estar presente nos santuários impares da Copa do Mundo desde a sua Gênesis em 1930. Atualmente o Brasil é formado por grandes craques e vem apresentando um futebol de qualidade exponencial, mas a grande força da equipe brasileira está na eficiência do seu coletivo, que remete a célebre frase de “um por todos e todos por um”.

melhores vídeos do dia

A Bélgica atacou com tudo impondo o seu respeito, mostrando a sua ofensividade, rapidez e contundência alada ao se deslocar dentro das lendárias e históricas quatro linhas do futebol. A forma de jogar dos diabos vermelhos tem sido de uma eficácia capaz de hipnotizar e paralisar quem o vislumbra, e o mundo sabe da fenomenal força desta geração belga até aqui, que mais uma vez fora comprovada neste duelo excepcional contra os únicos pentacampeões da história das copas.

Os brasileiros enfrentaram uma das seleções favoritas a conquistar o mundial da Rússia 2018, e todos já sabiam de quão difícil seria esta batalha, dos momentos inesperados, da pressão emocional, dos riscos de estarem enfrentando uma situação intensamente inflamável, tendo a consciência de que qualquer descuido poderia gerar uma faísca decisiva para um incêndio letal. Acreditava-se que o Brasil pudesse persuadir com tradição, arte, maestria e coletividade o objetivo de proporcionar um exímio disparo de flecha épica de ordem e progresso no coração ardente deste gigante diabo vermelho, porém a glória escarlate triunfou soberanamente na Rússia por 2 a 1.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo