No início da Copa do Mundo da Rússia, algumas seleções apareciam como favoritas. Brasil, Argentina, Portugal e Alemanha estavam no topo e eram tidas como possíveis finalistas desse mundial. Mas um time comandado por Luka Modric começou a chamar atenção de todos, a seleção croata conquistou grandes vitórias devido a sua organização tática impecável, um equilíbrio perfeito entre o ataque e a defesa.

Uma nação que tinha conhecimento da habilidade de seus jogadores, principalmente dos meias Luka Modric e Ivan Perisic, mas não imaginava que chegaria tão longe na competição mais difícil do planeta. A organização tática dessa seleção surpreendeu a toda poderosa Argentina, que foi citada acima como favorita a ganhar o titulo.

Os argentinos tomaram um baile de tática e mesmo a habilidade de Messi não foi suficiente para barrar a seleção Croata.

Após ganhar da Argentina com propriedade, a seleção da Croácia mostrou para o mundo que o futebol é muito mais tático do que técnico e o principal: as camisas das tradicionais seleções não pesam mais durante a partida. Caro leitor, de fato o futebol está cada dia mais dinâmico, é essa dinâmica que faz a Croácia essa nova potência, um estilo de jogo onde primeiro se defende em bloco, com todos os jogadores e só depois atacam, em bloco, surpreendendo o adversário com jogadores da defesa chegando ao ataque com qualidade.

E a seleção verde e amarela? O que podemos fazer para jogar como a Croácia?

O Brasil inteiro sofreu com eliminação da seleção, [VIDEO]não faltou vontade muito menos agressividade, faltou organização tática. [VIDEO]

Nossa seleção é muito talentosa, porém nos momentos cruciais da partida pareciam jogadores amadores, correndo muitas vezes de forma errada, e deixando o setor defensivo totalmente exposto.

É difícil entender o motivo dessa falta de inteligência tática, visto que todos os nossos jogadores estão atuando em grandes clubes da Europa. A grande diferença da seleção da Croácia para seleção brasileira é que a seleção europeia é dedicada defensivamente, primeiro defende com precisão e depois ataca com responsabilidade tática, ou seja, os zagueiros não vão ao ataque de qualquer maneira, existe uma preocupação com a recomposição e é exatamente isso que faz a Croácia a nova potência do futebol.

Em entrevista coletiva após a vitória contra a Rússia pela fase de quartas de final da Copa do Mundo, o meia Luka Modric enfatizou o desejo de conquistar a medalha para seleção croata e diz não pensar no prêmio de melhor jogador do mundo da FIFA. "Eu não penso nisso. O mais importante é ganhar com o meu time, chegamos até a semifinal. Mas esse time pode fazer mais, as outras coisas não são importantes. Claro que a bola de ouro é um reconhecimento, mas não estou preocupado com isso, queremos levar uma medalha para casa.

Vamos ver qual a medalha.", declarou.

A resposta de Luka Modric mostra claramente a diferença da seleção brasileira para seleção croata, até o melhor jogador da historia da Croácia, tendo a possibilidade de se tornar o melhor jogador do mundo, põe facilmente os objetivos do grupo à frente dos objetivos pessoais.

O que esperar desse time na final ?

Dia 15 de julho é a grande Final da Copa do Mundo, a seleção Croata que encantou o mundo enfrentará a tradicional França. Incrivelmente a Croácia tem um estilo de jogo que nos leva a acreditar que teremos um grande jogo, a sua defesa e seu meio campo serão as principais armas contra o time da França. Afinal o time croata já mostrou para o mundo que não desiste nunca, é um time que tem muita raça e técnica.

Por isso serei um pouco croata nessa reta final de Copa do Mundo, e quem sabe no dia 15 de julho de 2018 poderemos dizer para o mundo que futebol também é "coisa de croata".