Nossa dor pode ser imensamente intensificada quando somos deixados por alguém que não se compromete com o fim da relação. Por outro lado, pode ser muito mais suportável quando temos a sorte de o nosso parceiro conhecer a valiosa arte do rompimento. Há certos aspectos que tornam a situação muito pior do que já é:

O persistente

Uma vez tomada a decisão, não se deve hesitar em lançar a real para o parceiro.

Nem mesmo planos preexistentes como por exemplo uma viagem a dois ou um jantar num restaurante bacana deve ser desculpa para continuarem juntos, isso não vai sumir com o desejo de romper o namoro. É claro que a notícia vai gerar mal-estar, mas é preciso ser corajoso para não desperdiçar o tempo precioso dos dois.

Acusações desnecessárias

A pessoa sábia que resolve terminar um namoro não fica listando os pecados do outro fazendo com que se sinta unilateralmente responsável. Em vez disso, apenas os problemas específicos que levaram ao desejo do término devem ser mencionados.

O gentil forçado

No momento de anunciar o desejo de terminar, não há necessidade de usar apelidos carinhosos. Isso só deixaria o outro mais confuso. Abordar o assunto de forma direta e objetiva e pedir um tempo para se recompor é o ideal a ser feito. A ternura nesse momento só contribui para criar falsas expectativas.

O evasivo

Algumas pessoas têm tanto medo de “anunciar” o término que se bloqueiam, começam a manifestar a vontade de formas sintomáticas: começam a beber muito ou voltam para casa tarde, por exemplo.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Relacionamento

Eles esperam que por meio desse comportamento, seu companheiro tome a iniciativa de terminar. De forma um tanto quanto manipuladora, eles jogam a responsabilidade no outro. Muito injusto!

Ser direto

É preciso deixar o outro a par da decisão o mais rápido possível, sem dar chances para se imaginar uma reconciliação. Pode parecer insensível e brusco, porém na verdade essa atitude tem um quê de maturidade.

A pessoa madura que mede suas atitudes e palavras na hora de terminar um namoro convence o outro do motivo pelo qual ela não quer continuar naquele Relacionamento pontuando alguns aspectos que fizeram com que a dinâmica do casal não funciona mais em vez de listar os defeitos de uma das partes.

Sinceridade em relação a quem somos

Admitir sua parcela de erros e o quanto pode ter contribuído para o relacionamento ter se tornando um peso.

Ser odiado

Quem decide sair fora de um namoro sabe que ao falar sobre a decisão, vai ser inevitavelmente odiado por um tempo, porém ele tem coragem de encarar isso. E mais importante que isso, ele não sofre com o desejo natural de querer ser amado a todo custo por pessoas pelas quais ele não ama mais.

Nós não escapamos da agonia de partir um coração mas podemos nos esforçar para manter o término o menos prejudicial possível.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo