O ano de 2018 está se findando e com ele a temporada também se encerra com as suas respectivas lições de Futebol para os clubes. Como sempre alguns se deram bem, outros brigaram para não cair e outros ficaram no meio da tabela. No caso do Corinthians, o destaque foi o bicampeonato paulista e a briga pelo rebaixamento nesta edição do brasileirão. Durante o ano o clube teve que sofrer com saídas importantes e até mesmo troca de comando após a eleição de Andréz Sanches novamente eleito como presidente do Corinthians.

Em resumo geral, a temporada de 2018 não foi das melhores para o Corinthians, que apesar de ter começado o ano com título, teve que sofrer bastante com a perda de alguns jogadores e do técnico Fábio Carille para o exterior.

Com a troca de presidente, o clube ainda sofreu com algumas mudanças feitas pela nova diretoria, entre elas algumas atitudes envolvendo o financeiro do clube. Além disso, podemos citar a busca por patrocínio master que ainda não acabou. A seguir temos um breve resumo da temporada do Corinthians.

Início de ano ótimo para o Corinthians de Fábio Carille

O Corinthians de Fábio Carille iniciou o ano com a moral lá em cima. Após ser Campeão Paulista e Brasileiro em 2017, o treinador contava com a confiança da equipe, da diretoria e da fiel torcida para repetir os feitos do ano anterior. De fato, Carille atendeu às expectativas e apesar de ter perdido jogadores importantes da temporada de 2017, manteve um equilíbrio na equipe.

Dentre as perdas importantes podemos citar o atacante , artilheiro do brasileirão de 2017 e o lateral Guilherme Arana.

O Campeonato Paulista de Futebol, a primeira competição disputada pelo clube em 2019 não poderia terminar de melhor forma. O clube se consagrou campeão com direito a título na casa do rival Palmeiras, que após ter vencido o Corinthians na Arena Corinthians na primeira partida da final, teve que ver o goleiro Cássio e companhia comemorar o 29° título paulista no Allianz Parque.

Porém mal sabiam os corintianos que este seria o único momento de glória do clube no ano.

Saída de Carille do Corinthians

Em maio de 2018, Fábio Carille anuncia sua saída do Corinthians rumo ao exterior. O que representou uma falta enorme no timão que sofreu para repor o treinador a altura. Nomes como Osmar Loss e Jair Ventura chegaram a ter a oportunidade de pelo menos igualar o trabalho de Carille, porém os resultados não foi como todos esperavam.

Ainda com Osmar Loss, substituto imediato após a saída de Carille, o clube foi eliminado nas Oitavas da Libertadores e de quebra deixou a zona de classificação para a libertadores de 2019. Já com o técnico Jair Ventura, o timão desceu mais ainda e chegou a brigar para não cair para o Brasileirão Série B de 2019. Mas apesar dessa colocação, o clube ainda conseguiu chegar à final da Copa do Brasil, eliminando times como Chapecoense e Flamengo. O clube, no entanto, perdeu a final l para o Cruzeiro, com direito a duas vitórias dos mineiros, tanto dentro quanto fora de casa.

Saída de Jair e volta de Carille ao Corinthians

"O bom filho a casa torna", o velho ditado se aplica a Fábio Carille neste ano de 2018, que após deixar o clube em que havia trabalhado por 9 anos consecutivos, teve a sua volta confirmada após uma negociação bem sucedida com os representantes do técnico no fim da temporada.

Jair Ventura então deixou seu cargo com a negativa campanha dirigindo o clube e deixando o timão com o status de meia tabela e que brigou para não cair.

O que esperar de Carille e Cia em 2019 no Corinthians?

Quando se fala sobre a expectativa dos torcedores e da diretoria em relação a volta do treinador Fábio Carille para 2019 pode-se esperar um time bem montado na defesa e bem equilibrado no meio campo. O treinador irá contar com jogadores que estarão voltando de empréstimos e com algumas contratações que o clube vem buscando desde o fim da temporada. O timão inclusive chegou a planejar a contratação de Gabigol, artilheiro do Brasileirão do ano passado, porém até agora nada foi confirmado.

No ano que vem, o Corinthians terá 4 competições a disputar, sendo elas Campeonato Paulista, Copa do Brasil, Copa Sul-Americana e Brasileirão.

A expectativa com Carille no comando é que pelo menos um desses títulos seja conquistado pelo clube.

Conclusão

A saída de Fábio Carille foi o que abalou o time em 2018, mas agora com a volta do treinador o otimismo voltou à Fiel. Carille é quem mais chega próximo de Tite, maior treinador da história do clube e de quem Carille aprendeu muitas lições. A saída de jogadores como Balbuena, Rodriguinho e outras peças importantes também atrapalharam bastante o timão que até hoje tenta entrar nos trilhos em relação a peças no elenco.

Siga a página Futebol
Seguir
Siga a página Corinthians
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!