Uma das produções mais aguardadas de 2019 estreou nesta última quinta-feira (24), Creed II.

Esse é o segundo capítulo da saga do boxeador Adonis Creed, vivido pelo ator Michael B. Jordan, conhecido também por ter interpretado o vilão no filme Pantera Negra.

Creed: Nascido para Lutar

O primeiro Creed apresentou ao público Adonis Johnson, filho do campeão mundial de boxe Apollo Creed, personagem já falecido que foi interpretado por Carl Wheathers na franquia Rocky.

Apollo "Doutrinador" Creed era o rival de Rocky Balboa, mas acabou se tornando amigo do personagem de Sylvester Stallone.

No filme, Adonis procura Rocky por conta do passado deste com Apollo Creed. O jovem deseja que Rocky seja seu treinador e os dois se tornam grandes amigos.

Creed II

Neste novo capítulo da saga, Adonis é um boxeador de sucesso que acaba de ganhar o mundial de boxe, título que já fora de seu pai e do próprio Rocky Balboa.

Depois da conquista do cinturão, Creed irá enfrentar o maior desafio de sua carreira. Ele irá lutar contra Viktor Drago, filho de Ivan Drago, ex-lutador que matou o pai de Adonis em uma luta e que tem um grande ressentimento contra Rocky Balboa por ter perdido para ele.

Um ponto positivo que é visto nos dois filmes protagonizados por Michael B. Jordan é o fato deles se passarem no universo dos personagens da saga Rocky --esse fato não foi usado para servir como um meio para promover Sylvester Stallone.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Cinema

No primeiro Creed, Stallone teve (compreensivelmente) uma participação maior. Na continuação, as atenções estão mais voltadas para os dramas do protagonista.

Além das boas atuações de Jordan e Stallone, outro ator que se destaca é Dolph Landgreen, que vive o rancoroso Ivan Drago. Drago vê a oportunidade de recuperar o prestígio perdido ao ajudar a promover a luta entre seu filho Viktor Drago contra Adonis Creed.

Viktor Drago é, talvez, a maior vítima de todo esse drama envolvendo seu pai. É possível ver uma relação abusiva entre pai e filho na qual Viktor, vivido por Florian Munteanu, mostra-se reticente em vários momentos em seguir as instruções dadas por seu pai para infringir as regras do boxe.

O núcleo familiar dos Drago é mostrado como frio, opressor e sem espaços para fracassos, e esse pode ter sido um recurso usado para fazer menção ao clima de guerra fria mostrado no filme Rocky IV, filme em que Ivan Drago perdeu para Rocky Balboa.

Creed II não reinventa a roda em seu gênero. Todos os clichês desse tipo de filme estão lá e já foram usados na própria franquia Rocky, mas o mérito do filme é apresentar tais clichês com personalidade própria, além do desenrolar da trama fluir com naturalidade, sem atropelos ou muitas sequências desnecessárias.

O filme tem ótimas coreografias de lutas de boxe que, apesar de não serem muito extensas, são bem empolgantes.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo