No último domingo (7), a garota Eloah, de 8 anos, teve a perna amputada após ser atingida por linha chilena, ilegal no Brasil, mas ainda utilizada para soltar pipas.

Como se o sofrimento de ver a filha nessa situação não fosse suficiente, a mãe da garota relatou que, após a amputação, ouviu uma pergunta triste da filha. "Por que Deus tirou a minha perna?", teria questionado Eloah, segundo a mãe. A matriarca ainda relata que foi difícil ver Eloah chateada com a resposta obtida. No presente momento, a família da criança busca recursos, entre os quais destaca-se uma prótese, para prosseguir com o tratamento.

Mãe de Eloah comenta sobre fatídico dia

Ainda sobre o dia da amputação, Vanessa Souza, a mãe da criança, descreve-o como o momento mais difícil que passou ao lado da filha. Eloah se encontrava apavorada com a cirurgia e com dor. A situação pirou ainda mais quando a menina fez o questionamento à mãe, e ouviu que a escolha de Deus, naquele momento, era entre tirar a vida ou a perna da menina.

No momento, Eloah se encontra na UTI pediátrica do Hospital Albert Schweitzer, em Realengo (RJ).

Antes de optarem pela amputação da perna, os médicos fizeram tentativas de salvar a veia femoral de Eloah, mas os esforços não renderam os resultados esperados.

Eloah deverá receber acompanhamento psicológico

Além de todo o tratamento para cuidar da parte física e dos desafios relacionados à nova condição de Eloah, a garota também receberá acompanhamento de um psicólogo. Isso se deve, principalmente, ao fato de que conseguir uma prótese para a menina por vias públicas pode ser um processo demorado, de modo que ela precisará de amparo durante.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Religião

Essa possível demora no processo, de acordo com Vanessa, é o motivo pelo qual a família está tentando conseguir doações para acelerar o tratamento.

Para amenizar a situação em que Eloah se encontra, Vanessa relata que está fazendo tudo o que está ao seu alcance. Dessa forma, até mesmo um celular, comprado com a ajuda de amigos e parentes, foi adquirido para ajudar a garota a se distrair enquanto ainda está no hospital.

Até o presente momento ainda não há previsão de alta para Eloah.

Entenda o acidente

Foi relatado por Vanessa que, na ocasião do acidente, ela e a filha retornavam da casa do pai da garota. As duas estavam em uma passarela quando Eloah correu à frente da mãe. Vanessa pediu que a criança retornasse e, quando a filha voltava para perto dela, foi atingida pela linha chilena nas pernas.

Imediatamente Vanessa começou a pedir socorro e um casal parou o carro para ajudar.

Em companhia dos dois, mãe e filha se dirigiram ao hospital, no qual Eloah passou por uma cirurgia de emergência.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo