O filme 'El Camino: A Breaking Bad Film' estreou na última sexta-feira (11) na Netflix. A produção protagonizada por Aaron Paul foi escrita e dirigida por Vince Gilligan, o criador da icônica série Breaking Bad.

Breaking Bad é considerada uma das melhores séries de todos os tempos. A obra conta a jornada de Walter White (Bryan Cranston), professor de Química do colegial que adota o pseudônimo de Heisenberg e alia-se a um ex-aluno, Jesse Pinkman (Aaron Paul), e juntos constroem um império com a fabricação e venda de metanfetamina.

A série é uma das poucas que conseguiram manter um alto padrão de qualidade desde seu início até o seu inesquecível final, que foi exibido em 2013.

Vince Gilligan arriscou ao mexer em um produto tão bem acabado quanto foi Breaking Bad, mas o autor já havia demonstrado anteriormente que não tem medo de se arriscar quando revisitou o universo da série ao criar a spin-off 'Better Caul Saul'.

A diferença é que a série protagonizada por Bob Odenkirk corria menos riscos, pois na maior parte do tempo ela é um prelúdio da trama principal.

O que não é o caso neste filme em que agora o co-protagonista de Breaking Bad assume o papel principal.

A trama

Gillian surpreende ao dar continuidade à história mostrada no último episódio da série. O filme inicia imediatamente após os eventos de Felina, em que Jesse Pinkman escapa em um Chevrolet El Camino depois que Walter White o liberta de um cativeiro de supremacistas que o obrigam a fabricar metanfetamina por vários meses.

Pinkman após se libertar do cativeiro tem que permanecer fugindo, só que dessa vez da polícia, pois ele esteve envolvido durante toda a operação de Heisenberg.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Seriados

Ele então procura antigos amigos para conseguir dinheiro e fugir e recomeçar uma nova vida.

Praticamente não há nada de muito diferente do que já fora mostrado na série que deu origem ao filme, estão lá as longas sequências sem diálogos, o que fazia com que a série tivesse seu estilo, que intercalava momentos mais cadenciados com cenas de mais ação e violência.

Em El Camino, há sequências de flashbacks em que Jesse interage com personagens da série, algumas dessas sequências poderiam ter sido eliminadas, pois, não acrescentaram muito o filme.

No final das contas, El Camino acaba parecendo um grande fan service ao revisitar personagens e locações que foram vistas em Breaking Bad.

Gilligan faz uma homenagem ao gênero western em que Jesse apesar de estar buscando o tempo todo meios para fugir e recomeçar uma nova vida, ao mesmo tempo, ele encontra-se abalado psicologicamente e não deixa passar a chance que tem de se vingar de um de seus captores, na qual é a melhor sequência de ação do longa-metragem.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo