Logo no primeiro capítulo, “Amor de Mãe” conseguiu conquistar o público que esperava a trama de Manuela Dias com expectativa. Afinal, é uma tarefa difícil não se encantar logo de cara pela novela, como também muito difícil não se empolgar com a história.

Isso porque a trama engloba as dramáticas histórias de suas três protagonistas, Lurdes (Regina Casé), Thelma (Adriana Esteves) e Vitória (Tais Araújo). Com essas histórias, a novela tem se mostrado cada vez mais promissora.

O roteiro da trama fica por conta de Manuela Dias, que é acompanhada com uma direção de arte de José Luiz Villamarim.

A trilha sonora da trama ainda conta com diversos nomes de peso da música brasileira, como Caetano Veloso, Maria Bethânia e Gonzaguinha. Com histórias impactantes e uma trilha sonora esplêndida garantida, a trama tem tudo para fazer um enorme sucesso e garantir uma grande audiência para a emissora.

Depois de alguns meses com “A Dona do Pedaço” no ar, com algumas falhas e alguns momentos questionáveis, “Amor de Mãe” entra em seu lugar com um tom muito mais maduro do que sua antecessora, e é exatamente por isso que é preciso ter cuidado ao se apegar demais à novela, segundo análise do colunista Chico Barney, do portal UOL.

De acordo com ele, isso tudo se deve ao fato de que as últimas escolhas da emissora para o horário das 21h deixaram uma certa dúvida a respeito de “Amor de Mãe” e como a novela terá o seu caminho traçado.

'Amor de Mãe': boa até demais?

Antes da trama de Manuela Dias, foram ao ar Novelas como “Segundo Sol”, “O Sétimo Guardião” e a mais recente de Walcyr Carrasco, que logo nos seus primeiros capítulos foram excelentes, e impactaram muito o público, assim como foi feito com “Amor de Mãe”, mas que logo depois no desenrolar da história acabaram se perdendo muito, e a situação acabou ficando muito complicada.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Novelas Relacionamento

Com este erro cometido pelas antecessoras à trama de Manuela, segundo Chico Barney, fica difícil criar expectativas, visto que os primeiros capítulos também foram excelentes.

No entanto, os responsáveis pela produção da novela têm um alto crédito. Manuela é responsável pela minissérie "Justiça", muito elogiada, e também por “Ligações Perigosas”, que foram excelentes trabalhos da autora.

No entanto, ela agora está em sua estreia como autora de novelas, e resta acompanhar o desenrolar da história de Lurdes, Thelma e Vitória para saber se Manuela vai conseguir superar suas antecessoras e cultivar a qualidade da trama que foi exibida logo em seus primeiros capítulos desta semana.

Com alguns meses pela frente, a dúvida sobre a qualidade da novela paira no ar, e só resta esperar que a autora tenha mais controle de sua história do que suas antecessoras, que acabaram se perdendo pouco tempo depois, e causaram algumas decepções no público que esperava mais depois do início promissor.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo