A 24ª edição do "Troféu Domingão - Melhores do Ano" foi realizada no último domingo (15) e premiou artistas da Rede Globo em diversas categorias. A premiação foi marcada pelo tom político adotado por vários dos laureados, que em seus discursos de agradecimento disseram que a cultura brasileira está sob ataque.

O ator Jesuíta Barbosa, que ganhou na categoria Melhor ator de novela com seu personagem Jerônimo da novela “Verão 90”, ressaltou a função da arte na formação de um povo. “Temos sido atacados todos os dias”, discursou o ator. A atriz Fabíula Nascimento foi a vencedora na categoria Melhor atriz coadjuvante.

Ela declarou que a classe artística está unida contra os que são contra a arte.

Personagem do ano

Esta foi a categoria especial que homenageou a atriz Cláudia Raia por sua participação em "Verão 90". Na novela ela viveu a extravagante Lidiane. A artista foi outra que também discursou sobre o atual momento que as artes passam no Brasil. Raia disse que a juventude está se sentindo ameaçada por não conseguir ver uma luz no fim do túnel e que os artistas têm que se unir.

Antonio Fagundes também foi homenageado na mesma categoria em que Cláudia Raia ganhou. Fagundes adotou um tom mais otimista em seu discurso. O veterano acredita que os artistas são uma resistência e que já viveram situação anterior em que tiveram que mostrar isto.

“Já tentaram acabar com a cultura no Brasil, não conseguiram. Não vão conseguir”, declarou o ator.

Também se mostrando mais otimista, outro ator veterano, Tony Ramos, declarou que se sente otimista com o povo. Mais um que ganhou na categoria Personagem especial, ele ganhou por seu personagem Olavo da novela “O Sétimo Guardião”.

Outra característica marcante da edição deste ano do “Troféu Domingão” foi a falha técnica que aconteceu com o microfone do apresentador. Após uma apresentação do cantor Dilsinho, Fausto Silva percebeu que seu microfone não estava funcionando. Enquanto o problema não foi solucionado, o programa passou um minuto mostrando apenas a plateia da atração dominical.

Depois, sem nenhum tipo de anúncio ou vinheta, o programa passou a exibir os comerciais, que foram bem mais longos que o habitual, chegando a durar dez minutos ao invés dos habituais cinco minutos. Após a volta ao ar, o apresentador deu uma declaração sobre o problema de forma meio atrapalhada, em um discurso confuso.

Homenagens póstumas

Durante a premiação, os cantores que faleceram este ano Gabriel Diniz e Cristiano Araújo foram lembrados. O primeiro até estava concorrendo na categoria Melhor música pela canção "Jenifer". Este foi um momento emocionante que teve muitos comentários nas redes sociais.

Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!