Rodrigo Santana, o novo treinador do Avaí, foi apresentado no dia 18 de fevereiro e começou a trabalhar com o elenco avaiano no mesmo dia. Pouco conhecido do torcedor avaiano, o profissional de 37 anos chega ao clube após trabalho no Campeonato Brasileiro da Série A, no ano passado, com o Atlético Mineiro. Na sua trajetória como técnico profissional, o comandante avaiano esteve em clubes como Juventus, Grêmio Barueri, São Carlos e União Suzano, todos do interior paulista, e nos mineiros Uberaba Sport e URT, onde conquistou o título de campeão mineiro do interior em 2017. Para apresentar melhor Rodrigo Santana aos seus torcedores, o Avaí divulgou uma conversa com o novo treinador.

Motivos para aceitar o convite do Avaí

Rodrigo Santana destacou alguns motivos que o levaram a aceitar o convite para assumir o Leão da Ilha em 2020. Para o novo treinador do Avaí, todos têm um carinho, admiração e respeito pelo clube, especialmente devido à cultura do clube em proporcionar condições para o treinador desenvolver seu trabalho de forma tranquila. Isso, para Rodrigo Santana, é reconhecido e muito bem visto pelos profissionais ligados ao Futebol, fato por ele observado nos cursos que frequenta oferecidos pela CBF, quando compartilha informações com outros técnicos. Segundo o comandante avaiano, todos que passam pelo Avaí levam consigo boas experiências.

A montagem do elenco foi outro motivo importante para o “sim” de Rodrigo Santana ao Avaí, pois para ele, o clube sempre consegue montar boas equipes.

Pesou também na escolha a qualidade de vida de Florianópolis e, não menos importante, a percepção de que as pessoas ligadas ao clube são, nas palavras dele, “de bem, pessoas verdadeiras que respeitam a forma de trabalho do treinador”.

O novo treinador do Avaí enalteceu ainda a grandeza do clube, principalmente em Santa Catarina, onde reconhece a sua equipe como a maior do Estado e, no cenário nacional, como uma daquelas com bom histórico no Campeonato Brasileiro.

Todos esses motivos fizeram o treinador enxergar o clube como um progresso na carreira.

Expectativas para 2020

A grande meta do ano para a equipe avaiana e seus torcedores é a conquista do acesso para a série A do Campeonato Brasileiro e o novo treinador do Avaí está alinhado com esse pensamento. Além honrar a confiança dada à ele pela diretoria do Leão da Ilha, Rodrigo Santana quer o título catarinense e subir de divisão.

As características de jogo do novo treinador do Avaí

Rodrigo Santana é um dos treinadores da nova geração que gosta de ajustar equipes com controle do jogo através do equilíbrio entre todos os setores. O treinador relembrou que no comando do Atlético Mineiro, no Campeonato Brasileiro da Série A do ano passado, sua equipe foi a que mais finalizou no gol adversário, o que confirma sua busca por estratégias objetivas, que priorizam a finalização das jogadas, profundidade e controlando o ritmo do jogo. A ideia, segundo ele, é “fazer o Avaí protagonista”, um time que luta por todas as bolas.

Rodrigo Santana nas horas vagas e sua inspiração para a vida

Rodrigo Santana procura dedicar o tempo livre à sua família: Gabriela e seus filhos.

Para o treinador eles são a “maior riqueza, o maior sucesso que a gente tem na vida”. Para motivar-se para a vida, ao ser questionado sobre uma frase que o guia em sua trajetória, o novo treinador do Avaí afirmou que “a vontade de se preparar tem que ser maior que a de vencer”. Para Santana, a preparação é fundamental para estar preparado para os desafios e duelos que surgirem pelo caminho.

Desafios que já se apresentam no início de seu trabalho com o grupo avaiano. Rodrigo Santana não tem disponível o zagueiro Airton, o lateral-direito Arnaldo, que se recupera de lesão no ombro e o volante Bruno Silva, suspenso por seis jogos após se envolver em confusões no última clássico contra o Figueirense.

Rodrigo Santana estreia pelo Avaí dia 02 de março, quando a equipe enfrenta o Tubarão, fora de casa, pela sétima rodada do Campeonato Catarinense. Caso vença, a equipe que ocupa a terceira colocação com 10 pontos, garante a classificação antecipada para a segunda fase da competição.

Siga a página Futebol
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!