O isolamento social é uma realidade que tem feito todo mundo se reinventar e a leitura de bons livros pode ajudar. Uma parcela da população está em home office e outros tantos aguardam pelo fim da pandemia para poder voltar às ruas e às suas rotinas.

Neste meio tempo, ser produtivo e distrair a mente são prioridades para manter a sanidade dentro de casa. Para ajudar neste desafio, selecionamos alguns livros inspiradores para ler durante a quarentena.

Um lugar bem longe daqui - Delia Owens (Editora Intrínseca)

Abandonada por sua família, Kya cresce sozinha em um barraco no pântano da Carolina do Norte.

Já adolescente, a protagonista sai do isolamento e se permite viver novas experiências. Ela acaba se aproximando de dois jovens da cidade, Chase e Tate, que ficam impressionados com sua beleza selvagem. Enquanto ela se permite descobrir sobre relacionamentos e sentimentos, um deles é encontrado morto.

“Um lugar bem longe daqui”, escrito pela bióloga Delia Owens, é uma história sobre abandono familiar, amadurecimento, e sobre como todos os adultos são moldados pelas lembranças e traumas da criança de seu passado.

Minha História – Michelle Obama (Editora Companhia das Letras)

Lançado no Brasil em 2018, “Minha História” é um apanhado de memórias da vida da primeira-dama mais cativante dos Estados Unidos: Michelle Obama.

Nascida em uma família batalhadora no subúrbio de Chicago, Michelle conviveu desde pequena com as implacáveis diferenciações sociais, econômicas e culturais norte-americanas. Quando escolheu estudar Direito na faculdade, seu senso de justiça e sua amabilidade com o próximo já eram destoantes da maioria.

Começou a vida profissional em um escritório de advocacia e, em uma bela tarde, viu passar pela porta um tal de Barack Obama, com fala tranquila e sabedoria em suas colocações. A obra conta um pedacinho da vida do casal e das muitas conquistas juntos, antes, durante e após a vida dentro da Casa Branca.

Michelle relata com amor situações onde teve a chance de ajudar os mais necessitados e incentivar o poder feminino nos EUA e ao redor do mundo.

Sentado há semanas nas cadeiras dos mais lidos da Revista Veja, “Minha História” é um livro sobre uma mulher de garra que se tornou primeira-dama com a mesma humildade e propósito de criança, e que não parou por aí.

Um Novo Mundo: o Despertar de uma Nova Consciência – Eckhart Tolle (Editora Sextante)

A humanidade está pronta para uma mudança de consciência? Está pronta para encarar as dificuldades com mais amor, empatia e colaboração? Se alguém nunca tinha pensado nestas perguntas, a quarentena com certeza as trouxe à tona. E estes questionamentos tão atuais para o momento de pandemia são algumas das reflexões contidas em “Um Novo Mundo”.

Eckhart Tolle, autor do best-seller “O Poder do Agora”, traz uma mensagem de profunda esperança para a nova era através desta obra. Comenta com simplicidade sobre os aspectos nocivos do ego e sobre como o reconhecimento e a mudança dos padrões de pensamento e comportamento irá promover uma convivência mais harmoniosa e feliz.

A Carta da Vitória do Espírito Santo – Antônio Antolini (Amazon)

Antônio Antolini é brasileiro, advogado e curioso. Seu livro nasceu como uma carta de um pai às suas filhas, escrita em Vitória, no Espírito Santo, e daí vem a inspiração do título. A carta, porém, toma forma e transcende da simplicidade de uma conversa entre pai e filhas para reflexões para toda a humanidade.

Com referências sobre grandes mentes humanas que inspiraram a evolução, o autor caminha pelos pensamentos filosóficos, históricos, políticos, éticos e religiosos para trazer uma reflexão que muda o leitor para sempre. Através do enlace das verdades ditas por todos esses influenciadores, uma verdade é absoluta: a existência humana é baseada no amor. O livro foi exclusivamente lançado pela Amazon e pode ajudar muito a encarar a quarentena com mais leveza e inspiração.

Vai Lá e Faz – Tiago Mattos (Editora Belas Artes)

Tiago Mattos é um futurista brasileiro com história de vida intensa. Apesar de jovem, ele é fundador do laboratório de inovação Aerolito, antigo sócio da escola criativa Perestroika, palestrante e professor da Singularity, no Vale do Silício.

“Vai lá e faz” é uma leitura rápida que ajuda quem quer tirar as ideias do papel nesta mudança de era. Ele não é uma receita de bolo, mas suas páginas dividem aprendizados teóricos e práticos que trazem clareza sobre o empreendedorismo e, principalmente, dão coragem e motivação para quem quer começar uma nova jornada e por seus projetos em prática na nova realidade digital.

A Casa dos Novos Começos – Lucy Diamond (Editora Arqueiro)

Georgie se muda para a praia para acompanhar uma incrível oportunidade profissional do namorado e está decidida a encontrar um trabalho como jornalista na cidade. Charlotte sofre o choque de uma grande tragédia e não quer mais sair de seu apartamento. Rosa descobre algo que muda a rota de sua vida e, disposta a recomeçar, se muda para Brighton para ser sous-chef.

As três mulheres moram no mesmo endereço e quando se conhecem ganham força para recomeçarem suas jornadas. Uma história linda e de leitura leve sobre mulheres contemporâneas. Lucy Diamond é uma das escritoras de romance mais lidas da atualidade e seus livros despertam sorrisos e insights sem você perceber. “A casa dos Novos Começos” é parte da coleção Romances de Hoje da Editora Arqueiro, uma reunião de títulos cujas histórias aquecem o coração.

Johnny Bleas, um Novo Mundo – João Gabriel Brene (Editora Pandorga)

Mais uma dica de Literatura nacional, dessa vez no mundo da fantasia. Johnny Bleas é um menino órfão de pai e mãe criado pelos tios, os Case, em uma fazenda do interior. Sua vida simples tem uma enorme reviravolta quando, certa manhã, ele acorda e se depara com um horrível assassinato dentro de casa.

Neste momento, sua sintonia de vida se desfaz e ele cai em uma nova dimensão.

Neste novo mundo, conhecido como Asterium, um lugar de gnomos, piratas e castelos são só o começo. Aos poucos, fatos de sua antiga vida fazem sentido na nova realidade e o encaminham para a descoberta de uma profecia que mudará para sempre o seu destino.

Para quem curtiu Stranger Things na Netflix e achava aquela aventura no Upside Down divertida, a história de Johnny Bleas, do autor João Gabriel Brene, prenderá a atenção do começo ao fim. “Um Novo Mundo” é o primeiro livro de uma trilogia intrigante e com um desfecho surpreendente.

Essencialismo – Greg McKeown (Editora Sextante)

Essencialismo é um livro atemporal e leitura obrigatória para todos que já se sentiram sufocados ou sobrecarregados, seja no trabalho ou na vida pessoal.

De forma inteligente, Greg ensina sobre como priorizar o que realmente é importante, focar em seus objetivos e vencer a procrastinação.

Esta obra ajuda a compreender que a vida é muito mais simples e menos conturbada, depende apenas das suas próprias escolhas. Best-Seller do New York Times, Essencialismo é um presente de sabedoria para você sair melhor dessa quarentena.

Dezesseis – Rachel Vincent (Editora Universo dos Livros)

"Dezesseis" é uma distopia sobre Lakeview, uma cidade que funciona como uma máquina e que cria clones de pessoas para estudarem determinado assunto e desempenharem determinado trabalho. Eles nascem e são numerados ao invés de nomeados, por categorias. A categoria pode conversar apenas entre si e deve exercer seu ofício de acordo com o padrão, sem moleza e sem destaque.

Dahlia 16 nasceu para atuar na seção dos agricultores hidropônicos e, junto com ela, 4.999 meninas exatamente iguais foram criadas para o mesmo fim. Desde as aulas, ela demonstra um entendimento superior sobre determinados assuntos. Quando no trabalho, ela também se destaca e é chamada na Administração. Na volta, fica presa no elevador com Trigger 17. Eles acabam conversando, o que é passível de morte de acordo com as leis locais. A partir daí, questionamentos sobre o padrão estabelecido transformam a trama em uma história empolgante e impossível de parar de ler.

Sapiens, uma Breve História da Humanidade – Yuval Noah Harari (Editora L&PM)

Em 2008 o jovem Harari, historiador da Universidade Hebraica de Jerusalém, começou a escrever um livro sobre a história da humanidade.

Os pequenos artigos viraram capítulos de escrita fluida e sem o vocabulário rebuscado do mundo acadêmico. Sapiens se tornou um sucesso de vendas e entrou para as listas de best-seller mundiais. Ainda hoje, ocupa o primeiro lugar do ranking de mais lidos da revista Veja.

Apesar da capa fazer pensar que é um livro denso em biologia, o autor discorre com maestria sobre as principais revoluções que mudaram o curso da evolução humana: cognitiva, agrícola, unificação da humanidade e científica. Ele faz correlações interessantes sobre como os primatas agiam e sobre a influência desse comportamento nas decisões atuais.

É uma obra generalista que traz importantes reflexões sobre a caminhada de erros e acertos que nos trouxe até aqui, e sobre como caminhar de agora em diante.

Siga a página Literatura
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!