No dia primeiro de maio, a Netflix estreou a série argentina "Quase Feliz" (Casi Feliz). A produção de dez episódios é uma criação de Alejandro De Grazia, Sebastián Wainraich e Hernán Guerschuny. O elenco conta com: Sebastián Wainraich; Natalie Pérez e Santiago Korovsky. O diretor é Hernán Guerschuny e próprio Wainraich é um dos roteiristas.

A trama

Roteirista; escritor; ator; comediante e locutor de rádio, Sebastián Wainraich dá vida ao locutor de rádio Sebastián, “Sebi” como é mais conhecido pelo público, ele tem um programa de rádio bem popular e é amado pelos ouvintes, Sebi eventualmente atua como comediante, fazendo shows de stand-up comedy, mas esta última atividade não lhe dá mais tanto prazer quanto seu trabalho no rádio.

O protagonista é um homem separado de Pilar (Natalie Pérez) com quem tem um casal de gêmeos. A atriz argentina estreou a carreira na versão de seu país para do folhetim “Chiquititas” e também esteve na novela “Rebelde Way”.

Embora seja bem-sucedido na vida profissional, Sebastían ainda nutre sentimentos em relação à ex-esposa. Ele é um homem taciturno que parece estar sempre tenso, e mostra quase todo o tempo que está fechado para novos relacionamentos e novas amizades.

Na média

O termo “filminho” é usado para descrever aquele tipo de filme que muitas pessoas gostam apesar de terem consciência que, na verdade, é uma obra mediana, podendo até mesmo ser uma produção ruim, mas que por alguma razão, traz boas recordações para quem gosta dele.

O mesmo conceito pode ser aplicado para músicas e também séries, o que parece ser o caso desta nova produção da Netflix. Este talvez seja o maior mérito dá série, não querer se levar muito a sério, e isto acaba por fazer com que a obra tenha potencial para atrair um público fiel, (só o tempo dirá).

Tem seu charme o aspecto perdido do ator, que quase nunca demonstra o que está sentindo, em alguns momentos ficam-se com a impressão de que ele irá colocar para fora suas angústias e frustrações, mas isto nunca acontece.

Embora sejam mostradas situações cômicas na vida do protagonista, fica um pouco a impressão de que as piadas poderiam ir um pouco mais além. Um exemplo disso é a relação do locutor com o produtor de seu programa, o personagem Guarda-Sol (Santiago Korovsky).

Referências

Embora tenha temática bem distinta, "Quase Feliz" lembra um pouco a sensacional “After Life” de Rick Gervais, e também"'Famoso...

na França"', ambas estão no catálogo da Netflix. Em seus momentos finais, a série deixa o espectador em dúvida ao brincar com elementos de fantasia, ao citar o clássico filme de Steven Spielberg "De Volta Para o Futuro" de 1985. O último episódio mostra momentos dramáticos na vida do protagonista que irá fazer com que sua vida mude de maneira radical, o que deixou um ótimo gancho para a segunda temporada.

Siga a página Televisão
Seguir
Siga a página Seriados
Seguir
Siga a página Opinião
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!