Conheça a seguir o robô que pode correr como um carro!

Esta pequena máquina de seis pernas chamada OutRunner é capaz de correr a até 32km/h e é um dos primeiros robôs de controle remoto do mundo que pode fazer isso. Vem com uma bateria de duas horas de duração e, melhor ainda, pode ser controlado via smartphone.

O grupo por trás do projeto garante que ele pode chegar até mesmo a 75km/h, mas que para isso a máquina precisa de uma pequena assistência para não cair ao se mover a esta velocidade.

Os responsáveis pela sua criação foram os designers de robótica e mecânica do Florida Institute for Human & Machine Cognition (Instituto de cognição humana e robótica da Flórida) através da empresa Robotics Unlimited. Segundo a companhia explica, a direção é dada pelo deslocamento do centro de massa do robô, forçando-o a inclinar para um lado, que resulta na mudança de direção (similar ao que acontece em uma bicicleta). Este é o primeiro robô disponível para o público com tamanha capacidade e tão fácil de se operar.

Você só precisa apertar o botão de acelerar e virar o controle na direção em que quiser que ele vá.



Eles também explicam que conseguiram fazer o robô mais barato devido ao baixo centro de massa, já que por este ser mais baixo do que o centro do eixo de rotação, o OutRunner explora um tipo de "efeito empuxo" que o torna inerentemente estável e eliminando a necessidade de sensores caros e algoritimos de controle complexos.



Ah, e também é bastante eficiente quando o assunto é energia. Isto foi alcançado com a utilização de algumas características observadas em animais: Usar pernas como sistema de estoque de energia, permite a flutuação e conservação (ao invés da perda) de energia potencial e cinética durante a corrida.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Curiosidades Tendências





Os criadores do robozinho abriram uma campanha de kickstarter para financiar o projeto, onde era possível fazer uma doação caso a pessoa também quisesse fazer parte da empreitada. A meta era chegar a 150 mil Dólares, mas até o fim de junho de 2014 conseguiram apenas a participação de cerca de duzentas pessoas, batendo a marca dos 60 mil Dólares. Com isso, a empresa criou apenas algumas unidades que foram vendidas aos investidores iniciais.

Atualmente em uma versão com nova roupagem e com uma cara bastante futurista, o "drone terrestre" é feito somente por encomenda.



Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo