A empresa chinesa Xiaomi desembarcar no nosso país com o seu 'monstro', adjetivo usado pela própria empresa para apelidar o seu novo smartphone, o Redmi 2 Pro. O aparelho virá com características semelhantes ao seu irmão mais velho no Brasil, o Redmi 2, mas ganhando o dobro em capacidade de armazenamento e na memória RAM, tendo assim 16 GB Flash e 2 GB RAM.

O aparelho também contará com uma câmera frontal de 2 MP e a traseira de 8 MP, além de uma tela IPS HD de 4,7" com visão de 178°. O processamento será responsabilidade de um Snapdragon 410 (64 bits) quad-core de 1,2 GHz.

O SO do aparelho será o Android com MIUI 6, que não é a nova versão da Google, o Android Marshmallow 6.0, e sim uma versão do android modificada pela própria Xiaomi.

As vendas ocorrerão somente no site da própria fabricante, como eles deixaram muito bem claro e explicito: "O Redmi 2 Pro pode ser adquirido somente pelo site da Xiaomi. Basta entrar em Mi.com e participar do Evento de Vendas, que acontece dia 08 de outubro, a partir das 12 horas. Em resposta à solicitações dos Mi Fãs brasileiros, não é mais necessário se registrar com antecedência para os Eventos de Vendas.

Basta criar uma Conta Mi e entrar no site Mi.com antes das 12 horas do dia 08 de outubro.", explicou a empresa em nota.

A Xiaomi é conhecida como "Apple do oriente" pois tem muitos fãs em sua terra natal, oferecendo produtos bons a preços acessíveis. A empresa, inaugurada em 2010, cresceu muito rápido com a qualidade dos seus produtos e preços baixos, fidelizando usuários de outras marcas e agarrando a oportunidade de crescimento no mercado, que com 3 anos e meio de existência pode observar isso em números, quando teve uma renda anual de 2 bilhões de dólares.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Tecnologia

Resolveu se voltar para o ocidente depois de uma boa imagem montada em países asiáticos, principalmente na China, colocando em sua vice-presidência ninguém menos que Hugo Barra, ex vice-presidente do sistema operacional Android, da Google, para guiar a empresa no mercado ocidental. A fabricante chegou ao Brasil no dia 30 de julho de 2015, com o Redmi 2, e agora traz essa versão melhorada do mesmo smartphone.

O preço do aparelho é R$729,00 a vista ou R$799,00 em parcelas em até 10X. Se você está cogitando aderir um smartphone intermediário sem gastar muito e fugindo do óbvio, como Motorola, esse aparelho pode ser uma boa opção,

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo