A abelha, como se sabe, tem uma função vital para a continuidade da vida sobre o planeta, pois ela é responsável pela polinização de toda a vida vegetal sobre a terra. Com isso, a abelha é responsável por manter o equilíbrio ecológico e, para nós humanos, esse equilíbrio ecológico significa alimento em nossas mesas.

Atualmente, a quantidade de abelhas ao redor do planeta têm sido drasticamente reduzidas por uso de pesticidas nas lavouras, desmatamentos e alterações climáticas. Tal quadro tem se mostrado alarmante e muito pouco se conseguiu até o momento para evitar o fim das abelhas, inclusive, nos últimos anos, espécies de abelhas, em diversos países, estão consideradas ameaçadas de extinção, devido a mortandade destes insetos.

Cientistas japoneses, visando ajudar os pequenos insetos na importante tarefa de polinização, estão desenvolvendo drones capazes de auxiliar, ou se necessário for, substituir os insetos, caso a extinção venha a ser inevitável.

O drone incumbido desta importante missão foi fabricado em tamanho minúsculo e equipado com pelo animal, coberto por um gel pegajoso (imitando o corpo das abelhas), capazes de pegar e soltar grãos de pólen. Embora o invento esteja em fase de teste, ele pôde polinizar com sucesso as flores em estudo no laboratório.

O controle do invento se deu com dispositivo remoto. A única possibilidade de utilizá-lo com sucesso é integrando ao drone um sistema de inteligência artificial treinado a sobrevoar e polinizar as flores mundo afora. Esta é a meta dos cientistas para viabilizar o uso de tal equipamento a fim de evitar o desequilíbrio ecológico.

Os melhores vídeos do dia

Neste projeto, os cientistas planejam agregar ao sistema dos drones-abelhas, inteligência artificial, GPS e câmeras de alta resolução a fim de que o produto final seja totalmente autônomo e eficaz.

Contudo, faz-se importante ressaltar que a permanência das abelhas sobre a terra é de suma importância e medidas em prol das espécies ao redor do mundo devem ser tomadas, como o subsídio a métodos alternativos de produção agrícula, evitando assim uso descontrolado de pesticidas. Conscientização popular e controle mais efetivo contra queimadas são medidas de suma importância. Estudos que auxiliem na polinização, através de robôs, são muito bem vindos e tem seu valor, mas a vida natural deve ser priorizada a fim de que gerações futuras possam receber um planeta capaz de proporcionar qualidade de vida.