Quem nunca quis visualizar uma mensagem sem que a outra pessoa soubesse que você leu, que atire a primeira pedra. Assim como acontece no Whatsapp, o aplicativo Messenger do Facebook possui um recurso que mostra exatamente quando o destinatário leu a mensagem recebida. Mas você sabia que existe uma forma de evitar isso?

Navegadores de Internet

Os navegadores de internet Firefox e Google Chrome podem lhe auxiliar nesta tarefa.

Com a extensão “Unseen”, todos os tipo de confirmação de visualização gerada por aplicativos de mensagem utilizados no desktop, incluindo o Messenger, são removidas. Ao instalar a nova extensão, um botão com ícone de olho aparecerá próximo aos controles do menu. Você tem a opção de ativar a ferramenta "visto pela última vez" e "marcar como lido", ou deixar o programa no modo padrão, agindo automaticamente. No navegador da raposa, o app funciona de forma ainda mais simples, já que não existem botões e o processo é automático.

Android e IOS

O sistema operacional da empresa de buscas possui um aplicativo que leva o mesmo nome da extensão, mesmo não tendo a ver com os mesmos criadores. O app Unseen é quase que um substituto para o Messenger e também consegue bloquear as visualizações dos apps WhatsApp, Viber e Telegram. O app trabalha da seguinte forma: toda a vez que uma notificação de mensagem é recebida, vinda de algum dos apps citados, o Unseen 'rouba' o texto do conteúdo da mensagem e o redireciona a uma tela própria, onde você consegue visualizar o que está escrito sem precisar necessariamente abrir o aplicativo de origem.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Tecnologia

Desta forma é possível evitar que a pessoa que lhe mandou a mensagem saiba que você a leu. A única coisa ruim de utilizar este tipo de aplicativo é que você receberá o dobro de notificações, uma vez que ele "duplicará" as mensagens que chegarem.

Para os usuários do smartphone da Apple, uma má notícia: não é possível utilizar o app pois o sistema não permite, a não ser que seu aparelho passe pelo desbloqueio, ou jailbreak, que nada mais é do que um processo aplicado no iPhone para destravar diversos recursos do aparelho e que permite a instalação de aplicativos piratas ou não oficiais.

Os que se arriscam neste processo podem desfrutar de muitas novas funções e utilizar o smartphone de um jeito totalmente novo. Mas o jailbreak deve ser realizado com cuidado pois pode causar danos irreversíveis ao sistema do aparelho e também inviabiliza a garantia que a Apple dá ao seu iPhone.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo