Phil Spencer (para quem não conhece, chefe da Divisão xbox) é um cara legal. Legal e esperto. Afinal, desde o início da história do Xbox One, uma qualidade que tem demonstrado é a de saber admitir seus erros (e às vezes voltar atrás), visando principalmente os anseios dos usuários Xbox.

Como faz isso? Simples. Ele ouve pessoas. Foi assim com o DRM (Digital Rights Management), foi assim com retrocompatibilidade e certamente está sendo assim agora. Sua nova cartada? Um serviço que muitas pessoas já estão carinhosamente chamando de "Netflix de Games". Isso não soa ótimo?!

Afinal do que se trata?

Anunciado nessa terça-feira (28) para Xbox One (Xbox 360 através da retrocompatibilidade) e Windows 10, o Xbox Game Pass é uma assinatura mensal que dá acesso ilimitado aos jogos de um catálogo, que inicialmente contará com 100 títulos e depois, assim como acontece na Netflix, receberá novos jogos, enquanto alguns sairão para dar lugar a eles.

Para isso, o assinante terá que desembolsar U$ 9,99 por mês, valor hoje equivalente a aproximadamente R$ 31,00.

Um aspecto interessante é que o usuário poderá baixar os jogos completamente, ou seja, não precisará se preocupar com problemas de conexão com a internet enquanto estiver jogando. Porém é importante ressaltar que se um dia deixar de assinar o serviço, esses jogos ficarão indisponíveis.

Vamos ao que realmente interessa...

Para começar a falar de títulos, foram revelados alguns que certamente farão parte da biblioteca inicial: Halo 5: Guardians, Payday 2, NBA 2K16 and SoulCalibur II. Essa, é lógico, é apenas uma pequena demonstração do que está por vir.

Spencer anunciou parceria com diversas produtoras famosas, além da própria Microsoft Studios. 2K, 505 Games, Bandai Namco Entertainment, Capcom, Codemasters, Deep Silver, Focus Home Interactive, SEGA, SNK Corporation, THQ Nordic GmbH, Warner Bros.

Os melhores vídeos do dia

Interactive Entertainment terão jogos à disposição no catálogo do serviço.

Anda, quero isso agora!

Calma... O serviço ainda será lançado. A previsão é para o segundo trimestre de 2017. Entretanto, os cadastrados no programa Xbox Insider começam uma fase de testes em breve e depois os assinantes do Xbox Live Gold também terão prioridade antes dos demais usuários.

O serviço ainda não tem previsão de estreia e nem de valor no Brasil.

Veja abaixo o tweet do anúncio oficial do serviço.