Não é de hoje que muitas empresas utilizam o WhatsApp como um dos principais meios de comunicação com o cliente. Em alguns casos, como os de pequenos comércios que possuem serviços de entrega, o mensageiro é o principal canal para captar pedidos.

Visando atender essas pequenas empresas e aumentar sua popularidade, o WhatsApp lançou nesta última quinta-feira (18) uma nova versão do aplicativo com funções voltadas para Negócios, aumentando a interação entre empresas e consumidores.

Funcionalidade e recursos

As grandes novidades incluem conta comercial, envio de mensagens automáticas e acesso às estáticas das interações com consumidores.

Com a conta comercial, empresas poderão informar dados como: nome do estabelecimento, horário de atendimento, site oficial, ramo de atuação, descrição do negócio, endereço, telefone de contato.

Outro recurso disponível é o envio de mensagens automáticas. Nesse recurso é possível criar respostas automáticas para perguntas frequentes ou informes sobre produtos e serviços para agilizar o atendimento.

Além disso, as empresas também terão acesso a dados estáticos, como, por exemplo, quantas mensagens foram lidas, entendendo melhor o desempenho da companhia.

O serviço chega inicialmente em apenas cinco países (Estados Unidos, Itália, México, Indonésia e Reino Unido) e, nas próximas semanas, será liberado para outras regiões, inclusive o Brasil.

Ainda que não tenha sido liberado para uso no Brasil, alguns usuários do WhatsApp no país foram selecionados para testar o aplicativo em fase piloto.

O serviço é gratuito, mas para usar os recursos será necessário baixar o aplicativo [VIDEO] e preencher um cadastro com algumas informações como endereço, descritivo da empresa e fornecer um número de telefone vinculado. Mesmo que voltado para empresas, não será necessário informar um CNPJ. As contas passarão por uma verificação para confirmar se o telefone informado realmente pertence à empresa.

O lançamento acontece somente para Android. Apesar de estar nos planos uma versão para iOS, não há uma data prevista para que isso aconteça.

Clientes que queiram se comunicar com empresas que usam a versão Business não precisam fazer nada, é só continuar se comunicando usando a versão atual que possuem.

O mensageiro é usado por aproximadamente 1,3 bilhão de usuários em todo o mundo. A Índia ocupa o primeiro lugar em usuários, seguida pelo Brasil.