O Facebook começou a notificar nesta semana mais de 87 milhões de utilizadores da rede sobre o vazamento de dados causado pela Cambridge Analytica, empresa de consultoria política que usou indevidamente as informações privadas dos usuários para influenciar as eleições americanas em 2017.

No Brasil, mais de 400 mil pessoas tiveram seus dados expostos pelo consultoria. Estas informações variam desde curtidas de páginas a preferências políticas, que, através de algoritmos usados pela rede social mais utilizada no mundo, possibilitou disseminar informações que podem ter induzido o resultado das eleições americanas em novembro de 2017, que culminou na vitória do republicano Donald Trump.

Publicidade
Publicidade

A notícia sobre o possível uso dos seus dados será feita através do feed de notícias do usuário. Ao abrir a página inicial do Facebook, o dono do perfil receberá uma notificação onde a empresa explica o que pode ter ocorrido com as informações.

A Cambridge Analytica teve acesso aos dados através do uso do teste conhecido como "This is Your Digital Life". Testes deste tipo têm sido comuns na rede social, onde as pessoas tem um perfil traçado por algoritmos da mídia social de Mark Zuckerberg, na qual muitas vezes é compartilhado no feed e acessado por outras dezenas de pessoas que também querem participar da brincadeira.

Publicidade

O aviso pedirá para rever a privacidade, avisa o Facebook

O aviso enviado pela empresa deve detalhar o que aconteceu para que dados fossem vazados. A página também mostrará como o usuário pode ter sido atingido. Mesmo as pessoas que não foram atingidos com o vazamento de informações serão notificadas pela empresa, de uma forma genérica, que trata de segurança e para que verifique quais informações estão sendo compartilhadas no feed a fim de verificar o que pode ou não ser compartilhado com a empresa, além de informações básicas, como curtidas e fotos, que já estão previstas nos termos de privacidade do Facebook.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Tecnologia

A empresa começou as notificações na segunda-feira (9). Caso o perfil tenha sido afetado pela situação, deve receber a notificação já nos próximos dias. Por isso, a empresa indica que os usuários verifiquem o feed de notícias. Caso os dados tenham sido violados, siga as instruções e cheque sua segurança conforme indicado pela empresa.

Escândalo assombra Mark Zuckerberg e a mídias sociais, segundo imprensa

As coisas não têm sido fáceis para o CEO e criador do Facebook, Mark Zuckerberg, nas últimas semanas.

Além de dar explicações ao Senado e a Câmara dos Deputados em Washington (EUA) sobre o vazamento de dados de seus usuários, ele viu a companhia perder cerca de 9% de valor na Bolsa de Valores norte-americana, além de US$ 50 bilhões do seu valor de mercado.

A poeira está longe de abaixar e a empresa deve sofrer diversas acusações nos próximos meses, além de tentar reconquistar a confiança de seus fiéis fãs.

Publicidade

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo