Com mais de 2,3 bilhões de usuários em todo o mundo, utilizar o Facebook como ferramenta de expansão de negócios faz todo sentido. É por isso que empresas de todos os tamanhos e de todos os segmentos mantém páginas nesta rede social.

E o que tinha como intenção apenas aproximar tais empresas de seus clientes, acabou se transformando também em uma excelente plataforma de negócios, e com isso, o número de empresas que vendem nas redes sociais está aumentando gradativamente.

Aprender como vender pelo Facebook, seja através de uma loja na rede social ou através da ferramenta Marketplace, se tornou a nova febre do momento, afinal, é possível conquistar resultados relevantes.

Publicidade

Porém, para alcançar tais resultados, os empresários – e também pessoas comuns que queiram vender pela plataforma – precisam seguir algumas dicas.

Para empresas, e até mesmo para quem se enquadra em MEI (Microempreendedor Individual), o primeiro passo básico para vender pelo Facebook é criar um perfil de negócios na rede social. Essa etapa é essencial e não pode ser pulada por uma razão simples: páginas possuem ferramentas que não estão habilitadas para perfis pessoais. Outro detalhe importante: a página comercial permite a criação de uma loja on-line dentro do Facebook.

Configurar a loja no Facebook não é difícil. Esta ferramenta funciona como um carrinho de compras para os clientes comprarem diretamente na plataforma. Essa opção está chamando a atenção de milhares de empresas, principalmente dos pequenos e micro empreendimentos, já que oferece uma alternativa aos sites de venda, pois não é preciso habilidades de designer ou contratar profissionais para construir e manter a loja online.

É possível incluir imagens dos produtos, alterar preços, e acrescentar um botão de “mensagem” para que assim os clientes possam entrar em contato e esclarecer dúvidas.

Publicidade

Para configurar uma loja no Facebook, basta seguir os passos abaixo:

Acessar configurações, em seguida “Editar Página”.

Rolar a página até a opção “Adicione uma Guia”, escolher a opção “Loja” e clique em adicionar.

Em seguida, abrirá a página de Edição mais uma vez, e basta configurar a loja, seguindo o passo a passo do Facebook, dando atenção especial ao passo “Escolha o método de compra” e também na escolha da moeda aceita nas transações.

Depois disso, basta adicionar os produtos, um por um, já que não há opção de subir vários em uma única vez.

Finalizada esta etapa, os produtos serão avaliados pelo Facebook, que verificará se eles não ferem a legislação e as políticas do site. Quando o sinal estiver verde, o Facebook encaminha uma notificação ao gerenciador da loja, confirmando ou negando a venda. Em caso de afirmação, basta divulgar o produto através de compartilhamentos ou posts patrocinados.

Usando o Marketplace do Facebook

Empresas e perfis pessoais podem comprar e vender pelo Facebook Marketplace. A ferramenta é simples de usar: basta acessar fb/marketplace que uma série de produtos à venda aparece listado.

Publicidade

Porém, tais produtos não aparecem de forma aleatória: são baseados na forma como o usuário interage nas redes sociais. Assim, se alguém segue muitas páginas e grupos sobre animais, quando acessar o Marketplace haverá produtos relacionados a esse tema.

Disponível para usuários de 50 países, que podem pesquisar produtos e serviços na ferramenta, incluindo direcionando a pesquisa por faixa de preço e localização, o Marketplace do Facebook pode receber anúncios das seguintes categorias:

  • Casa e jardim: ferramentas, móveis, jardim, aparelhos e utilidades domésticas;
  • Moradia: venda e locação;
  • Entretenimento: livros, filmes, músicas e jogos;
  • Roupas e acessórios: confecções, calçados e acessórios, sejam masculinos ou femininos;
  • Família: brinquedos, jogos educativos, artigos para bebês e crianças, artigos para animais de estimação, itens de beleza e higiene;
  • Eletrônicos: celulares, telefones, computadores, notebooks, etc.;
  • Hobbies: esportes, atividades ao ar livre, peças automotivas, bicicletas, antiguidades, itens de colação, artes e artesanato;
  • Veículos: setor automotivo em geral;
  • Classificados: itens diversos.

Para colocar um item a venda, basta clicar sob o botão azul onde se lê “+ vender um item”, e em seguida configurar o anúncio seguindo a categoria que mais se adequa ao objeto. É possível colocar fotos e o Facebook recomenda que sejam dadas todas as informações sobre o produto.

Assim como na loja, o pagamento das transações ocorridas pelo Marketplace devem ser acordado entre os anunciantes e compradores, já que o Facebook não se responsabiliza por transações financeiras.