A plataforma anunciou nesta sexta-feira (14) uma nova falha em sua segurança que permitiu a exposição de fotos privadas de aproximadamente 6,8 milhões de usuários a desenvolvedores de aplicativos de terceiros que têm acesso a plataforma.

Nova falhas e vazamentos

Existem inúmeros aplicativos que têm permissão para ter acesso a fotos e videos que os usuários do Facebook postam em suas linhas do tempo.

O anúncio desta sexta-feira revelou que aproximadamente 1,5 mil desse aplicativos, cerca de 876 desenvolvedores diferentes, tiveram acesso a conteúdos privados das pessoas. O Facebook afirma que só permite acesso a fotos que foram compartilhadas na linha do tempo do usuário, porém essa falha permitiu acesso a fotos privadas como, por exemplo, dos Stories, aquelas fotos que foram postadas mas que não foram compartilhadas publicamente, e até fotos de upload, mas que por algum motivo não foram postadas.

De acordo com o anúncio, a falha que durou 12 dias permitiu que esses aplicativos tivessem acessos a essas fotos de 6,8 milhões de usuários. O Facebook lamentou o ocorrido e pediu desculpas aos usuários e afirma que todas as contas afetadas com essa falha receberão uma notificação sobre o que deve ser feito a respeito dessas fotos.

O Facebook ainda aumentou o valor oferecido como pagamento para pessoas que conseguem identificar essas falhas na segurança, com intuito de acabar com os ataques de hackers e impedir os vazamentos dos dados dos usuários do Facebook

Antigos problemas

O ano 2018 tem sido muito complicado para os usuários do Facebook pois não é a primeira notícia de falha na segurança.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Tecnologia

Segundo anúncio da empresa, em setembro foi descoberto um erro de segurança que afetava milhões de contas de usuários e que existia desde 2017, dados de milhões de usuários teriam sidos comprometidos com o ataque dos hackers que se aproveitaram de um erro da plataforma em um código relacionado a função "Ver como" que permite que o usuário tenha noção de como seu perfil é visto por outras pessoas, esse erro deixava os códigos vulneráveis, permitindo o roubo de um tipo de chave digital que permite que os usuários fiquem logados o tempo todo sem precisar da senha para entrar no Facebook.

Segundo informações, essa falha daria total controle a contas dos usuários para os hackers.

Ninguém quer ter seus dados pessoais vazados, por isso mesmo após a empresa afirmar que os casos estão sendo investigados e que os problemas foram corrigidos, fica um certo receio ao usar a plataforma.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo