O Ubuntu 20.04 é a nova plataforma de referência para nuvem segura, computação de ponta e desktop, fornecida pela Canonical. Essa versão terá suporte até abril de 2025 com atualizações gratuitas de segurança e manutenção, garantidas. Essa versão terá o Gnome 3.36, com um painel de configurações e um tema de shell aprimorado, novas telas de bloqueio e um recurso de alternância não perturbe. Para quem prefere outra interface, a Canonical disponibilizou o Ubuntu com a interface KDE, MATE, XFCE, BUDGIE e LXQT nessa versão 20.04.

Para facilitar a identificação de cada versão do Ubuntu, o sistema adota, como de costume, um codinome que referencia um animal pouco conhecido do grande público, e nessa versão o Fossa, também conhecido como Fosa é o homenageado dessa versão.

Esse animal encontra-se na ilha de Madagascar, sendo o maior carnívoro mamífero da ilha.

Essa versão linux foi disponibilizada depois de um feedback de 21.862 usuários, dentre as solicitações estavam melhor experiencia de usuário para jogos e mais aplicativos populares e proprietários. Lembrando que a disponibilidade de aplicativos em qualquer sistema, depende do(a) desenvolvedor(a) do software.

Para otimizar o sistema para jogos, os gamers contará com o GameMode da Feral Interactive, assim terá uma experiência melhor nessa distribuição linux. Esse recurso foi disponibilizado através de um feedback que 1280 usuários, por volta, gostariam de contar por padrão. Com isso os gamers na comunidade Linux terá melhor fluidez em seus jogos.

O Ubuntu, se destaca pela facilidade de instalação de programas e a disponibilidade de programas que podem ser facilmente encontrados, tais como Slack, Skype, Spotify, Rocket.Chat, Steam, DaVinci Resolve.

Muitos aplicativos estão se tornando multiplataforma, um dos mais recentes foi o Microsoft Teams.

A Microsoft e a Linux Fondation vem de uma parceria, estreitando os laços, cada vez mais. A Microsoft é uma das maiores patrocinadoras da Linux Fondation, além de desenvolver um subsistema para agregar alguns sistemas operacionais baseados no Linux, inclusive o Ubuntu, também desenvolveu o Azure, um sistema também baseado no Kernel Linux, com foco para rodar aplicativos e serviços, baseado nos conceitos da computação em nuvem.

Os usuários já contam com diversos navegadores, tais como Firefox, Opera, Vivaldi, Brave, Tor, entre outros, e logo mais, devem contar com o Microsoft Edge nesse time, já que o mesmo agora é baseado em Chromium, navegador já consolidado no mundo Linux.

Para quem precisa utilizar pacote office compatível com os arquivos da Microsoft, OnlyOffice, FreeOffice, WPS são ótimas alternativas. A Adobe Photoshop ainda não chegou no mundo Linux, como ótima alternativa os usuários de Linux contam com o Gimp, editor completo e avançado para fotos.

Para quem não conhece os sistemas operacionais baseados no kernel linux, o Ubuntu é uma ótima porta de entrada para quem gostaria de conhecer esse universo. Para isso, é recomendável que o usuário instale primeiramente em uma máquina virtual, tendo uma boa experiencia, se o usuário se sentir seguro, e quiser dar mais um passo, fazer um dual boot é uma ótima solução cautelosa.

Outro lado positivo, é que antes da instalação, é possível utilizar o sistema sem instalar, via LiveCD. Lembrando que para ter o qualquer SO em seu computador, o usuário deve se atentar a recomendação mínima, sugerida pela fornecedora do sistema.

Requisitos Mínimos

  • Processador dual core de 2 GHz ou superior
  • 4 GB de memória do sistema
  • 25 GB de espaço livre no disco rígido
  • Uma unidade de DVD ou um Pen Drive para a mídia do instalador

É recomendável instalar com internet, para baixar atualizações, plugins, codecs e pacotes adicionais.

Siga a página Tecnologia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!