Segredosde relacionamento, mulher sendo traída pelo marido, filhos que não respeitam ospais, marido que troca esposa por outro homem e muitas outras histórias quepoderiam acontecer dentro de diversas famílias brasileiras. É nesse cenário queprogramas como “Teste de Fidelidade”, “Você na TV” e “Casos de Família” ganhamespaço na televisão. Mas será que é tudo encenação ou as histórias são mesmo reais?

MariaAndréia, de 26 anos, trabalha há quatro anos como figurante e já participou umavez do programa "Você na TV", da RedeTV! e duas vezes do "Casosde Família", do SBT, três programas com três temas diferentes.

Andréiacontou como funciona: Ela e um amigo criaram uma história sobre filhos queatrapalham o relacionamento e então resolveram participar do programa Casos deFamília. Eles entraram em contato com a produção, contaram a história e foramchamados para uma entrevista com psicólogos. A história foi tão bem contada queforam aprovados, mesmo sem ninguém da produção checar a veracidade. Apesardisso, a figurante garante que a seleção das histórias é bastante rigorosa.

Depoisde um ano da encenação, Andréia criou uma nova história com mais dois amigosque também são atores. Eles passaram na seleção, mas o que chamou a atenção dostelespectadores é que na mesma semana foram ao ar dois casos com a figurante. Segundoela, foi um erro da emissora do SBT que na mesma semana exibiu o programa novoe reprisou o programa do ano anterior. Por cada participação, ela ganhou R$ 100de cachê.

Jáno caso do "Você na TV", Andréia assumiu que tudo foi inventado desdeo começo. Ela disse que chegou à emissora e foi apresentada a outro figuranteque representaria seu namorado. Juntos com a produtora do programa, resolveramque a história seria que o rapaz iria jogar futebol fora do país e que o namoroteria que chegar ao final. Andréia contou também que as emissoras têm um sistemade cadastro para que os figurantes não participem mais de uma vez.

Evocê, o que pensa sobre isso?

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo