Foi ao ar na noite desta quarta-feira (18) a primeira parte da entrevista com o ex-goleiro do Flamengo, Bruno Fernandes, no programa "Gugu". A entrevista do preso por ter matado a amante Eliza Samúdio, fez com que o programa da TV Record atingisse altos índices de audiência. Na conversa com o apresentador Augusto Liberato, o atleta disse que "seu maior erro foi a omissão". Bruno contou ainda que não disse nada à polícia na época "motivado pelos anos de amizade que tinha com o também preso Macarrão".

O programa da emissora do bispo Macedo fechou na vice-liderança na grande São Paulo, tendo 12 pontos de média, 16,2 de pico e 20,2% de participação, segundo dados preliminares do Ibope.

No mesmo horário, a Globo exibiu o futebol e o "Jornal da Globo", apresentado pro William Waack e Cristiane Pelajo. Já o SBT tinha em sua programação o "Programa do Ratinho" e o "The Noite - com Danilo Gentili".

A emissora de Silvio Santos levou a pior e ficou em terceiro lugar no horário, atingindo 7,1 pontos. Já a Rede Globo manteve-se na liderança, mesmo que com menor diferença do que o normal, alcançando ao todo 18 pontos de média. Cada ponto representa cerca de 67 mil televisores ligados no mesmo canal na grande São Paulo. Augusto Liberato levará a segunda parte da entrevista com o goleiro Bruno ao ar nesta quinta-feira (19). O programa "Gugu" vai ao ar pela TV Record, a partir das 22h30.

Desde que estreou, "Gugu" tem levado ao ar pautas polêmicas. Já na estreia, levou ao público a entrevista de Suzane Von Richthofen.

Os melhores vídeos do dia

Na ocasião, Augusto Liberato teve impressionantes 17 pontos, maior audiência dele na Record desde sua reestreia. Além de Suzane, Gugu também visitou a casa do apresentador e ex-deputado Clodovil Hernandes, morto há seis anos. Na atração, foi mostrada a mansão onde Clodovil passou os últimos dias de vida. Além disso, o programa levou ao ar depoimentos que contestavam a morte por Acidente Vascular Cerebral do estilista. Uma ex-empregada e o modista Ronaldo Ésper alegaram que Clodovil pode ter sido assassinado. #Famosos #Televisão #Crime