Dois jurados do The X Factor Nova Zelândia foram demitidos por praticar bullying ao vivo contra um dos participantes, Joe Irvine.

Os jurados, Natalia Kills e Willy Moon, são casados e foram demitidos pela MediaWorks, a proprietária da rede TV3, depois de atacarem verbalmente um participante na noite de sábado (14). Desde os comentários do casal, a emissora sofreu pressão do público e inclusive dos dois jurados remanescentes, Stan Walker e Melanie Blatt, que estão sozinhos na bancada desde o Live Show de domingo (15).

No programa de ontem, o apresentador Dominic Bowe disse que essa foi a coisa certa a se fazer e que o programa traria dois novos mentores para os homens e para os grupos, na próxima semana. Blatt afirmou que "ontem à noite, aquilo não foi sobre o talento do participante e esse show é para isso. Todos os concorrentes que se apresentaram na noite passada vêm trabalhando duro por várias semanas para isso dar certo e sinto que não falamos o suficiente sobre isso".

Kills acusou Irvine de copiar o estilo de seu marido "desde o terno até o cabelo".

E isso foi apenas o começo, ela ainda usou palavras como "nojento", "assustador" e "desagradável" e acrescentou "Você não tem respeito ou valor pela originalidade? Você é motivo de piada. Me sinto envergonhada de estar sentada aqui em sua presença. Você me deixa enjoada. Você não tem nenhuma identidade".

Moon finalizou dizendo que para ele a performance foi um pouco barata e absurda, o que rendeu vaias da plateia. "É como se Nornam Bates estive usando as roupas da mãe. Eu sinto como se você fosse costurar a pele de alguém em seu rosto e matar todo mundo".

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Televisão Seriados

Irvine suportou todas as palavras com um sorriso calmo. Depois da apresentação ele postou em seu Twitter que havia sobrevivido a Kills.

Ed Sheeran enviou uma mensagem no Twitter para Irvine dizendo: "Não se preocupe com o que qualquer pessoa diga, cara. Divirta-se, cantar é isso e não o que as outras pessoas pensam".

Mark Weldon, chefe executivo da Mediaworks, disse em comunicado na tarde de domingo: "Na noite passada, Moon e Kills fizeram comentários completamente inaceitáveis. Espera-se dos jurados do The X Factor que eles forneçam críticas sobre as performances, não toleraremos palavras destrutivas de qualquer um dos jurados".

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo