Nem todo mundo acha engraçadas as piadinhas e brincadeiras do programa 'The Noite', do SBT. Isso não é uma grande novidade, mas parece que dessa vez a equipe passou um pouco do limite e os seguranças de um shopping de São Paulo não ficaram muito felizes com a presença de um dos humoristas do programa comandado por Danilo Gentili.

O comediante Léo Lins apareceu com roupa de mergulhador no shopping e resolveu fazer uma brincadeira na quarta feira, dia 25. O que era para ser engraçado acabou mal.

O comediante foi até o shopping Eldorado acompanhado de um dos produtores do programa. Como companhia, os dois levaram um jacaré inflável, enorme e verde. A ideia era que Léo Lins mergulhasse em um espelho espelho d'água do shopping e fingisse que estava lutando contra seu grande inimigo, o jacaré verde.

Acontece que ninguém da equipe do programa pediu autorização para fazer a brincadeira no Eldorado. O produtor ficou de longe filmando enquanto Lins fazia a cena ridícula de lutar contra o jacaré. Como era de se esperar, a equipe de segurança do Eldorado não achou graça na situação e chamou a polícia até o estabelecimento.

O ocorrido só foi cair na mídia no sábado, dia 28, quando o jornal Folha de São Paulo publicou explicando o que tinha acontecido.

Segundo Léo Lins, um segurança se aproximou e ele pensou que fosse brigar por causa da brincadeira, pois é isso que sempre acontece. Porém, o segurança não quis conversar e logo de cara chamou a polícia. Léo e o produtor passaram a tarde dentro de uma delegacia prestando esclarecimentos.

Em nota, o Shopping Eldorado explicou que a conduta tomada pelo programa 'The Noite' é proibida dentro do estabelecimento. Enfatizou que não foi dada nenhuma autorização de uso de imagem, pois essa autorização nem foi requerida.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Famosos Curiosidades

O representante do shopping disse que o ocorrido foi tratado como uma invasão, afinal, ninguém invade a casa de outra pessoa e vai pular na piscina. Ele aproveitou para explicar que se a equipe voltar a repetir a situação, o estabelecimento será obrigado a investir em atitudes mais duras.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo