Foram 34 anos dedicados a profissão de repórter cinegrafista. Desses, durante 19 anos compôs o quadro de profissionais da Rede Globo. O gaúcho Luiz Quilião fez uma trajetória repleta de prêmios, com destaque para a série 'Terra do meio, Brasil invisível'. Antes de trabalhar na TV Globo de Brasília, ele passou por redações no Amazonas , Rio Grande do Sul, São Paulo e Rio de Janeiro.

Dono de uma voz de 'tenor', em que poderia deixar ou conciliar a carreira de cinegrafista e virar locutor ou ator, Luiz Gonzaga Quilião Júnior, aos 57 anos, deixou dois filhos e sua companheira por 24 anos.

Estava internado, devido a uma trombose intestinal, desde o dia 18 de fevereiro. No domingo, após forte sangramento no intestino, não resistiu e morreu. No mesmo dia que o jornalismo perdeu Beatriz Thielmann.

Quilião iniciou seu trabalho na RBS de Porto Alegre, em 1977, como contínuo e depois como auxiliar de cinegrafista, descobrindo sua paixão por filmar. Em 1979 tornou-se repórter cinematográfico. Neste mesmo ano fez a cobertura de Leonel Brizola e de Luís Carlos Prestes. Tinha característica de inovador.

Ele dizia que estava constantemente ouvindo as pessoas, porque todos possuem uma história para contar, 'então alguma coisa acontece'.

O ex-engraxate e cinegrafista ganhou, em 1980, seu primeiro prêmio com a matéria sobre o Rio Gravataí. Em 1983 começou a trabalhar na Globo São Paulo e ficou certa de um ano na cidade. Depois ele voltou para o Sul do País.

Em 1990 fez a cobertura do então Presidente Fernando Collor. Posteriormente foi trabalhar na TV Amazonas. Em 1966, começou a trabalhar na Globo Rio.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Famosos Televisão

Em 2000-2002 Quilião retornou para a TV Globo SP. Em 2002 a 2006, ele retornou para seu segundo momento na TV Globo Rio.

Na terça-feira (31), Quilião foi velado por amigos e parentes na capela 10 do cemitério Campo da Esperança, em Brasília/DF. Por volta das 11h30 estava prevista a cerimônia de cremação. Segundo a famíília, uma parte das cinzas será jogada na Baia do Guajará em Belém/PA e em São Jorge, na Chapada dos Veadeiros.
Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo