Entre amigos, familiares e fãs do esporte, o narrador e apresentador do programa esportivo "Bem, Amigos" do SporTv, lançou nesta noite de terça-feira (7) na Livraria Cultura em São Paulo o livro de memórias nomeado de "Fala, Galvão", a obra, como já era esperado, foi publicada pela Editora Globo. O livro foi escrito junto ao jornalista e amigo Ingo Ostrovsky e em seu prefácio podemos ler uma definição sobre o narrador escrita por ninguém menos do que Ronaldo Fenômeno, também amigo de Galvão. "Achei a pessoa certa para fazer isso comigo.

E foi muito bom! Gostei muito do resultado", disse Galvão sobre o amigo Ingo.

Em um total de 312 páginas, podemos encontrar muitas histórias curiosas, interessantes e até divertidas, como momentos importantes para o esporte nacional, reunindo grandes nomes do Brasil como Pelé, Ayrton Senna, Zico, Kaká, Ronaldo, Rubens Barrichello e Nelson Piquet, Reginaldo Leme e o grande amigo Arnaldo César Coelho, entre outros destaques do esporte brasileiro. A obra também reúne trechos importantes, como detalhes sobre as Copas do Mundo, e os Grandes Prêmios da Fórmula 1.

O livro também cita momentos dramáticos como o inesquecível "Alemanha 7x1 Brasil" e momentos divertidos como um dos maiores micos de Galvão quando narrou um jogo achando que fosse outro.

"Era o momento, depois de 40 anos de profissão, de contar histórias de meus amigos mais Famosos e menos famosos. A televisão é uma coisa absurdamente coletiva. Ninguém faz nada sozinho. Têm histórias curiosas, engraçadas, séries, críticas, histórias duras... São histórias de uma vida e acho que deveria falar disso" citou em reportagem a Revista QUEM.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Famosos Literatura

Galvão Bueno, há 11 anos, já vinha pretendendo escrever um livro, a ideia inicial era ser lançado quando o narrador completasse seus 30 anos de carreira. Em março de 2014 o narrador completou 40 anos no ramo esportivo, porém com tantos compromissos como Copa do Mundo e Copa das Confederações a realização deste feito ficou para este ano de 2015.

"Completei 40 anos de carreira em março do ano passado, mas o Brasil vinha da Copa das Confederações, de momentos em que o país entrou em ebulição, a tampa da panela de pressão explodiu com reivindicações sociais...

Era necessário esperar a Copa do Mundo" foram palavras do narrador.

Na quarta-feira (8) e quinta-feira (9) Galvão Bueno fará a divulgação de seu livro respectivamente em Salvador e no Rio de Janeiro.

"Sou Flamengo!"

Recentemente em entrevista ao "GloboEsporte" de São Paulo, Galvão Bueno declarou "Sou carioca, sou tijucano, sou salgueirense e hoje eu falo, sou Flamengo", destacando seu time do coração. Durante o programa apresentado por Tiago Leifert, o narrador divulgou sua obra e relembrou muitos de seus bordões e histórias que o motivaram a escrever o livro.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo