A TV Globo foi criada oficialmente há 50 anos no dia 26 de abril de 1965, no Rio de Janeiro, pelo saudoso Roberto Marinho que presidiu as organizações Globo até 6 de agosto de 2003. O ícone da Televisão brasileira e comunicador do século conseguiu conciliar sua habilidade de jornalista com uma administração exemplar, construindo o verdadeiro império da área de comunicação.

Filho do jornalista Irineu Marinho Coelho de Barros, fundador do Jornal GLOBO (atual infoglobo), Roberto Marinho assumiu a direção do jornal após a morte de seu pai e de seu sucessor no jornal, Eurycles de Mattos, aos 26 anos de idade.

Foi secretário dos dois até aprender todo o ofício. Fundou em 1944 a rádio Globo do Rio de Janeiro.

Bastante atento ao mercado, o Doutor Roberto Marinho adquiriu algumas emissoras de comunicação, incluindo Central Brasileira de Notícias (CBN). O surgimento da TV Globo, canal 4 no Rio de Janeiro, em 1965, foi o pontapé para anos depois se transformar na Rede Globo de Televisão, presente atualmente em cadeia nacional.

Para comemorar esta história de sucesso, vários artistas passaram os dias ensaiando para o grande show da vida da televisão brasileira.

"Hoje a festa é sua. Hoje a festa é nossa. É de quem quiser...". Assim, na noite de sábado (25) - após a novela Babilônia - a participação de artistas como Paolla Oliveira, Daniele Suzuki, Anitta, Luciano Huck, Angélica, Miguel Falabella, Patrícia Poeta, Luiza Possi, Roberto Carlos e diversas outras celebridades estiveram desde quarta-feira (22) no Maracanãzinho, Rio de Janeiro, para gravarem seus números no especial em homenagem à trajetória da TV Globo.

São muitos atores, cantores, apresentadores, humoristas, dançarinos que irão participar de um show com 90 minutos de duração.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Famosos Curiosidades

É um verdadeiro desafio para o diretor LP Simonetti que trabalhou durante cinco meses na formatação do evento cujo objetivo é falar do presente, não se esquecendo do passado e com o olhar para o futuro.

Provavelmente grandes artistas da comunidade Globo que já partiram para outro plano devem ter seus minutos ou segundos de destaque. O sábado (25) também é marcado para o velório e cremação do corpo do Diretor Roberto Talma que morreu na quinta-feira (23), com 65 anos, e realizou um espetacular trabalho de qualidade para a emissora.

Ele participou da primeira equipe do Fantástico em 1973.

Parabéns a todos que ajudaram e continuam contribuindo para a manutenção deste grande veículo da comunicação brasileira.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo