A Rede Globo de Televisão está comemorando 50 anos de fundação neste mês de abril de 2015, e não falta programação com homenagens e lembranças de tudo o que aconteceu nesse meio século de existência.

Desde segunda-feira (20), por exemplo, o Jornal Nacional - principal noticiário da emissora - está apresentando um projeto que reuniu grandes nomes do jornalismo da Globo (Fátima Bernardes, Glória Maria, Francisco José, Sandra Passarinho, Galvão Bueno, Ernesto Paglia, Caco Barcelos, Tino Marcos e outros) para relembrar fatos marcantes de suas carreiras e desafios enfrentados durante o trabalho de informar a população brasileira.

A apresentação foi de William Bonner.

Durante a exibição do quadro, episódios emocionantes foram ao ar. A Globo aproveitou também para se retratar e reconhecer erros cometidos no passado, como quando foi acusada de manipular o debate entre Collor e Lula, e no envolvimento em fraudar as Diretas Já. William Bonner meio que se desculpou em nome da emissora por qualquer mal-entendido que tenha havido.

Mas grande repercussão mesmo aconteceu na noite desta sexta-feira (24). No bloco final do JN, a câmera apresenta Cid Moreira e Sérgio Chapelin nos lugares ocupados atualmente por William Bonner e Renata Vasconcelos, respectivamente.

Eles relembraram a importância dos seus trabalhos à frente do telejornal mais assistido do país e chamaram o último episódio da série de reportagens sobre os 50 anos de jornalismo da rede.

Vários acontecimentos foram lembrados e comentados, como a morte do papa João Paulo II, a renúncia de Bento XVI e a ocupação do padre Jorge Mario Bergoglio, o papa Francisco, do mais alto cargo da Igreja Católica. Na Política, foram lembrados a entrevista concedida por Dilma Rousseff após vencer as eleições de 2010, as entrevistas do Jornal Nacional com os candidatos à Presidência da República, a morte trágica do candidato pernambucano Eduardo Campos e a despedida da população ao político, bem como os debates realizados pela Globo para as eleições de 2014, uma das mais acirradas da história.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Televisão Política

Após o encerramento da série de reportagens, os convidados Cid Moreira e Sérgio Chapelin agradeceram o convite de William Bonner e da Globo e mataram a saudade dos tempos em que eram âncoras do jornal dando um "Boa Noite" quádruplo, ao lado de Bonner e Renata.

Nas redes sociais, a homenagem entrou para os assuntos mais comentados do Twitter, e no Facebook várias pessoas (com exceção de alguns utilizando a hashtag #BrasilSemRedeGlobo) aplaudiram e se disseram emocionadas em ver todo o trabalho realizado pelos profissionais emissora e a contribuição jornalística que a TV Globo - segunda maior rede de televisão aberta do mundo - deu e continua dando ao Brasil.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo