É raro conhecer alguém que nunca tenha visto alguma série na vida. Elas variam de gênero, como: comédia, drama adolescente, sobrenatural, época medieval, ou mesmo tratar sobre seriais killers. Mas, como se explica a paixão desenfreada por séries? O que elas têm de tão atrativo? E por que, cada vez mais, diferentes faixas etárias estão optando por assistir séries ao invés de telenovelas?

A resposta é simples: por mais que o desenrolar de uma série perdure por algumas temporadas, elas prendem o telespectador, com um enredo envolvente.

Algumas se destacam mais, pois, se transformam em um fenômeno pop, como é o caso da série épica Game of Thrones, que, já é considerada a melhor de todos os tempos.

Disputa pelo 'Trono de Ferro' ganha espaço na televisão e conquista fãs de todo o mundo

Quem nunca ouviu falar na famosa série Game of Thrones? Aclamada pelo público, está no ar desde 2011 no canal pago HBO e é baseada nos livros escritos por George R. R. Martin. Basicamente, a história se passa nos sete reinos de Westeros, onde "verões duram décadas e os invernos uma vida inteira".

Game of Thrones mostra as lutas dinásticas entre as famílias nobres para ter o controle do 'Trono de Ferro' de Westeros. Na famosa série, que bate recordes de audiência a cada ano, teve, em dois episódios da quarta temporada, cerca de 7 milhões de telespectadores.

Em GoT, sigla popular da série, o que chama atenção do público é o fato das personagens femininas estarem em evidência, especialmente por ser retratada em uma época alusiva a Idade Média. Há a mocinha que sonha em ser princesa e rainha (Sansa), a garota rebelde que não se contenta em ser o que se espera dela (Arya), a guerreira (Brienne), a matriarca dedicada e forte (Catelyn), a megera manipuladora, mas que faz tudo pelos filhos (Cersei) e a jovem determinada que assume o controle do próprio destino (Daenerys).

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Curiosidades Televisão

"Esse aspecto é ótimo em uma série que tem força cultural como Game of Thrones", comenta Maíra Bianchini. Ainda para Maíra, existe na série um "equilíbrio entre os papéis masculinos e femininos, pois a história se movimenta a partir das articulações planejadas e executadas por ambos os gêneros - o que também é algo positivo, pois, representa uma relação de igualdade em termos de importância para a história".

A quinta temporada da série estreou no dia 12 de abril na HBO e teve transmissão simultânea em todo o mundo.



Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo