Uma declaração inusitada aconteceu durante o 'Programa do Jô' desta terça-feira, dia cinco de maio. O humorista e apresentador da atração da Rede Globo de Televisão, Jô Soares, ao falar sobre a beleza da atriz Susana Vieira, disse que ela deve ter feito um pacto com o diabo para ter conseguido se conservar por tanto tempo.

O curioso é que a atriz sequer estava no talk show, Jô entrevistava o ator Marcos Oliveira, que ficou conhecido pelo grande público quando interpretou o personagem Beiçola, dono de uma pastelaria no seriado 'A Grande Família'.

Marcos e Susana estão fazendo juntos um musical no Rio de Janeiro. O sucesso 'Barbaridade' fala sobre a vida na velhice e conta a história de uma atriz decadente que "se acha", essa é vivida pela consagrada Susana Vieira.

O texto tem a assinatura de Luís Fernando Veríssimo, Zirado e Zuenir Ventura.

"Nossa, que mulher bonita essa a do catálogo da peça, quem é ela?", perguntou o gordo mais famoso do Brasil. Seu convidado brincou com a situação e respondeu que era uma atriz ainda desconhecida e que estava em começo de carreira.

Jô chama Susana de linda e diz que ela fez pacto com o demônio para se manter bem depois de tantos anos

O comunicador da TV Globo aproveitou o momento para elogiar Susana de uma forma, digamos, um tanto quanto inusitada. "Ela fez um pacto com o diabo, não tem como ser tão bonita e já com essa idade, olhem a fotografia, ela é loura, linda, maravilhosa. Você sabe Oliveira, que a primeira vez que a vi eu estava nos corredores da extinta TV Tupi, ai já se vão muitas décadas.

Os melhores vídeos do dia

Ela deveria estar no auge dos seus dezoito aninhos, era toda na dela, muito humilde e frágil. Hoje ela é essa pessoa espalhafatosa que todos conhecem. Imagina!", continuou Jô Soares.

Papel de "gostosona" no teatro

Na peça 'Barbaridade', a atriz interpreta uma senhora de setenta e dois anos que ainda não perdeu o vigor, não parou de cantar ou dançar e ainda por cima é do tipo "gostosona", conquista todo mundo por onde passa e acaba causando alguns problemas por isso.