Quem ainda não leu o admirável mundo novo de Aldous Huxley, não perca mais tempo. Quem não gosta de ler livros digitais terá que ir a um sebo. Edições novas não são fáceis de encontrar. Quem não tem problemas em ler na telinha, procure na grande rede. Certamente irá localizar uma edição e em português que poderá ser gratuita ou ter um custo acessível.

A história revela os medos de Aldous Huxley e de muitos outros conterrâneos sobre o que poderia acontecer no futuro da humanidade. A visão de um mundo perfeito, dominado pela tecnologia, no qual o sexo livre e a felicidade criada e fictícia, compravam o silêncio de seus habitantes, é apocalítica.

O autor narra um futuro que estava em sua mente, onde a evolução da tecnologia o fez ver as pessoas como autômatos previamente condicionadas a viver em harmonia com a natureza e com as leis e regras sociais. A sociedade imaginada era formada por castas. O "soma" resolvia todos os problemas. A vida sexual era diferente e o conceito de família não existia.

A vida sob uma ditadura científica foi analisada em outros livros. Agora está nas mãos de um dos gênios cinematográficos e televisivos reavivar com novas cores um dos clássicos da ficção científica.

Mostrar novamente para os seres humanos, do que a humanidade é capaz, considerando que tudo o que o homem pensa, até este momento, ele conseguiu realizar e o que ainda não conseguiu parece estar a caminho, é uma tarefa que cabe bem ao famoso diretor.

A supressão da individualidade já foi tentada por diversas ditaduras e mostrou de forma cabal que, sem compaixão e amor, por maiores sejam as fraquezas que eles podem suscitar, as sociedades construídas pela humanidade não poderão subsistir.

Imagine este cenário nas mãos de Spielberg.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Curiosidades Televisão

As negociações foram fechadas com o canal americano NBC como foi divulgado nas redes sociais. O roteirista de "taken" (Leslie Bohen), minissérie de ficção científica que ganhou o Emy, será o responsável. O diretor continua a acreditar na força da Televisão e pretende dar sequência ao seu trabalho. Ele conta em seu currículo com outras séries Into the West (2005) Terra Nova (2011) Smash (2012/2013). Falling Skies (2011-2014) e Under the Dome (2013/2014).

Não é difícil imaginar, de acordo com a história, o tom fantástico que Spielberg irá dar para a série.

Acompanhe os contatos e fique ligado logo ela estará em sua telinha, que está precisando de grandes produções e do gênio de Spielberg. O conteúdo do livro ajuda e promete.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo