"Cidades de Papel", #Filme baseado no livro homônimo do escritor britânico Jhon Green, está com tudo nos cinemas. Com estreia lotada em muitas salas no Brasil, o filme segue sendo promovido. Contudo, a rotina de entrevistas, viagens e outras obrigações para divulgar o longa parece não estar nada fácil para Cara Delevingne.

O ritmo da promoção do filme fez com que a inglesa batesse recorde de viagens, chegando a passar por mais de quatro países por semana. Cara também é modelo, acostumada a fazer viagens dessa frequência em semanas de moda. No entanto, o cansaço ficou evidente em uma reportagem concedida à uma televisão local.

Brincadeiras constrangedoras são respondidas com deboche

Em entrevista ao "Good Day Sacramento", ela apareceu visivelmente cansada e entediada. Cara não deu muita atenção para as brincadeiras supostamente engraçadas dos apresentadores da atração. As pálpebras pesadas e olheiras escondidas com muita maquiagem denunciavam a rotina corrida de Cara.

A primeira piada dos apresentadores foi feita com o nome da atriz, chamando-a de "Carla". Já na segunda, os apresentadores do "Good Day Sacramento" perguntaram se ela estava muito ocupada para ler o livro antes de começar a gravar as cenas de sua personagem.

Cara não perdeu a vez. Aproveitando o bom humo dos apresentadores, ela respondeu, debochada:

"Não, eu nunca li o livro ou o script do filme. Jhon Green é um excelente autor. Se você não leu os livros dele, deveria", disparou sem nenhum pudor, deixando os jornalistas da atração muito sem graça.

Os melhores vídeos do dia

Outras perguntas foram feitas à Cara. Sem se preocupar muito, um deles perguntou se ela estava exausta da viagem:

"A première foi na noite passada, muito emotiva pareceu um final de era. Mas não estou menos animada do que nas semanas anteriores", disse.

Os apresentadores brincaram, dizendo que iriam deixá-la tirar um cochilo, tomar um energético, deixando a atriz sem ação e muito perdida.

Veja o vídeo

Leia também:

Conheça os 10 livros mais vendidos no Brasil em junho de 2015

Marco Nanini critica postura preconceituosa do brasileiro #Entretenimento #Famosos