MorreuIçami Tiba. Sua morte ocorreu no último domingo (2), às 19:00 horas. Ele estava internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. A editora de seus livros fez o comunicado público. O psiquiatra e educador tinha diversos livros lançados e que ajudaram muitas pessoas, principalmente aquelas voltadas para a educação infantil. Içami será sepultado nesta segunda-feira no Cemitério do Morumbi. A causa da morte do escritor não foi divulgada.

O escritor trabalhou diversos temas. Um dos últimos foi objeto do lançamento de um novo trabalho na Feira Nacional do Livro tratando de assuntos contemporâneos como consumo de drogas e internet. O autor e psiquiatra considera que os tratamentos de jovens com problemas de drogas passam necessariamente por algo mais que o simples amor. As pessoas devem se preparar e adquirir conhecimento sobre as formas de combate.

O livro recebeu um título sugestivo: “pais e educadores de alta performance”. Ele participava de diversos programas contra o consumo de drogas.

Içami é autor do best seller “Quem ama educa” que é considerado uma das referências da psicologia e da educação de jovens no Brasil. Ele sempre foi um defensor das mídias digitais a quem recomenda tratar como uma aliada e não como um fator para prejudicar a relação entre pais e filhos em suas casas.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos

Ele as considerava como grandes veículos de comunicação de massa.

O escritor era descendente de japoneses. Se formou médico e logo se especializou em psiquiatria. Sua linguagem coloquial e que colocava as pessoas à vontade eram considerados como seus principais trunfos para o sucesso que obtinha em suas iniciativas.

Içami deixa a esposa Maria Natércia, os filhos Natércia Tiba, André Luiz Martins Tiba e Luciana Martins Tiba, além dos netos Kaká e Dudu.

Ele deixa como acervo cultural para a humanidade mais de 40 livros sobre educação, incluindo outro best-seller, Sexo e Adolescência.

Com simplicidade, mas muito carinho João Dória, o jornalista e publicitário declarou: “Adeus, prof. Içami Tiba. Você semeou tanta bondade que terá sua memória eternamente lembrada. Descanse em paz”.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo