Diferente de Katy Perry, que se apresenta amanhã no Rock in Rio, ele levou quatro troféus Grammy neste ano. E não foi a toa. Hoje, Sam Smith provou a que veio e apresentou sua melhor forma para os fãs de Música pop-romântica no festival que acontece até amanhã no Rio de Janeiro. Em seu show, ele apresentou canções de seu único trabalho em estúdio, o premiado e platinado "The Lonely Hour". As músicas foram compostas por ele mesmo, inspirando-se em um caso de amor com um homem que não deu muito certo.

No setlist não faltaram canções como "I'm not the only one" e "Together", na sequência. "Leave Your Lover" e "I've Told You Now" foram as terceiras e quartas músicas. Depois de "Nirvana", "Like I Can" e "Restart", Sam animou o público com uma homenagem merecida.

"Make to Me" foi a penúltima música, seguida do megasucesso "Stay With Me", que levou muitas pessoas às lágrimas, com uma despedida digna de filme romântico.

No festival, foi possível ver casais se beijando e outros se formando, para a surpresa de amigos e acompanhantes que foram assistir ao Rock in Rio em grupo.

O show de Sam pareceu um pouco linear devido o pouco tempo de carreira na fama que o moço traça, mas o cantor se esforça e interagiu de todas as formas possíveis com o público, que estava lá mesmo para ver sua amiga, a cantora Rihanna, diva das terras de Barbados.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Curiosidades

Entre uma fala e outra, ele elogiou o público brasileiro. Em entrevista para a imprensa brasileira, ele declarou novamente sua paixão e disse que está livre, leve e solto e busca se apaixonar novamente. Quem sabe a estadia de Sam não traga um novo namorado para o moço? Resta esperar.

Apresentação oferece homenagens à Amy Winehouse e Marvin Gaye

Umdos momentos mais agitados do show de Sam foi quando ele começou a cantar "Tears Dry On Their On", de sua conterrânea, Amy Winehouse.

A cantora faleceu em julho de 2011 e causou comoção em todo mundo, lembrada sempre por suas polêmicas canções melódicas. Em seguida, Sam cantou a famosa canção de Marvin Gaye, o clássico "Ain't No Mountain High Enough".

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo