Gretchen veio para o Brasil para divulgar o livro “Gretchen, a biografia” e um dos programas que ela foi dar entrevista, é o do apresentador Danilo Gentili, o “The Noite”, no SBT. A gravação já aconteceu e vai ao ar nesta quinta-feira (15) a noite. Vários assuntos polêmicos foram abordados, mas o que “deu o que falar” foi a experiência genética alienígena que ela diz ter passado.

A ex-dançarina afirma que passou por isso quanto ainda estava na barriga da sua mãe. Garante que é por esse motivo que ela tem uma cicatrização boa e muita energia, independentemente da idade e do tempo de carreira. “Em 1959, quando nasci, tiveram mulheres grávidas que tiveram algo injetado em seus fetos, fazendo com que ele já viesse com algo diferente”, explicou a cantora que diz ser um desses fetos.

Além de sua ligação com ETs, Gretchen também falou que tudo o que está no livro é real e que não adianta a pessoa ir ler achando que terá um monte de escândalos nele, porque não terá. “É a história verdadeira da minha vida desde que eu nasci”, diz.

Em uma conversa com ela não poderia faltar um assunto frequente em sua vida: os diversos casamentos. Gretchen casou-se cinco vezes e falou um pouco sobre eles. Ainda brincou que pelo tanto que falam de casamentos dela, parece que foram mais de mil.

Embora diga que é “apenas” uma história verdadeira, a contada no livro, a ex-dançarina não esconde que essa publicação possa acabar nos cinemas. O papel da mãe do Thammy Miranda seria interpretado por Juliana Paes, se vontade de Gretchen for respeitada. "Acho que ela tem uma sensualidade bem legal, as medidas parecidas", disse.

Os melhores vídeos do dia

A obra trata ainda da sua carreira, fama, infância, relação com Thammy e seus outros filhos e sobre o tempo que morou nos Estados Unidos. Uma das curiosidades é que quando ela tinha apenas três anos de idade, aprendeu a ler sozinha.

No meio da entrevista Gentili perguntou também sobre a história de que Van Damme teria ficado "meio assanhadinho", no Domingo Legal, em 2011, ao dançar com ela. Ela falou que foi só um brincadeira e nada aconteceu. “Quando deu o intervalo, nos corredores, a primeira coisa que ele queria era fugir das meninas”, explicou. "Eli não ia querer navorar comigo, ia querer namorar com você, completou. 

Hoje, ela está casada e vive na França com o seu marido. Leva o que ela chama de “vida normal”, passando, cozinhando e cuidando da casa.

Gretchen não foi a única da família a colocar sua história de vida nas páginas de um livro. Recentemente, seu filho Thammy Miranda, também fez o lançamento de sua biografia e falou sobre a sua relação com a mãe.