A primeira novela bíblica da Rede Record, Os Dez Mandamentos, escrita por Vívian de Oliveira e dirigida por Alexandre Avancini, baseada, com licença poética, nas obras Êxodo, Levítico, Números e Deuteronômios, ganhou recentemente uma bíblia personalizada, chamada A Bíblia Sagrada - Edição Especial: Os Dez Mandamentos, que foi lançada pela Sociedade Bíblica do Brasil, com comentários da autora Cristiane Cardoso, de Livros como Melhor Que Comprar Sapatos e Mulher V. São 1664 páginas que mostram apenas a saga de Moisés e do seu povo. As passagens bíblicas são ilustradas com imagens dos personagens da novela.

A primeira fase da novela bíblica Os Dez Mandamentos começou com o nascimento de Moisés (Pedro Pupak/Enzo Simi/Guilherme Winter), em um momento em que a sua mãe, Joquebede (Samara Felippo/Denise del Vecchio), foi obrigada a colocá-lo em um cesto dentro do rio Nilo para evitar que os guardas do exército do faraó Seti I (Zé Carlos Machado) o matassem devido ao decreto dos filhos primogênitos.

Na segunda fase, por sua vez, já adulto, após uma passagem de tempo de 20 anos, Moisés começou a se desentender com o seu melhor amigo, o príncipe Ramsés II (Carlos Salles/Edu Pinheiro/Sérgio Marone), pelo fato dos dois amarem a mesma mulher, Nefertari (Giovanna Maluf/Camila Rodrigues). A mãe dela, Yunet (Day Mesquita/Adriana Garambone) contou a verdade sobre as origens de Moisés, fazendo-o partir para Midiã, com o intuito de sua filha se casar com Ramsés e se tornar rainha. Para isso, tirou do seu caminho Seti I, Maya (Bárbara França), Anippe (Bárbara Quercetti), Disebek (Daniel Aguiar/Eduardo Lago) e Teti (Fernanda Nizzato).

Já na terceira fase, após uma passagem de tempo de mais 20 anos, Moisés retornou ao Egito com a missão de libertar os escravos hebreus do Egito, deixando a sua família midianita no passado.

Os melhores vídeos do dia

Após dez pragas rogadas por Deus, que ainda estão em exibição, Ramsés, depois de muita teimosia, vai finalmente libertar os escravos hebreus. Ele verá o filho, Amenhotep (José Victor Pires), morto, mas se arrependerá de ter cedido ao pedido de Moisés e verá o seu exército morrendo afogado no Mar Vermelho. Com a morte do príncipe, a dinastia de Ramsés chegará ao fim.