Na última semana, uma cena de 'Os Dez Mandamentos', novela bíblica exibida pela emissora de Edir Macedo, a TV Record, deu o que falar por conta de um tapa em que o Faraó Ramsés (Sérgio Marone) deu um tapa na cara rainha Nefertari (Camila Rodrigues). A agressão foi feita depois que Ramsés ouvir da boca da própria rainha que ela ainda gosta de Moisés (Guilherme Winter). O Hórus vivo não proibiu o que ele considera ser uma traição e decidiu proferir toda sua raiva na força de sua mão. Em entrevista ao site de 'Os Dez Mandamentos', o intérprete do faraó, Sérgio Marone, confessou que o tapa em que ele deu em Camila Rodrigues ultrapassou a ficção e virou realidade. 

Sérgio disse que o tapa na trama de Vivian de Oliveira foi de verdade, mas que a produção de 'Os Dez Mandamentos' teve cuidado para realizar a sequência.

Marone revelou que precisou tirar três anéis do personagem. Isso tudo para evitar que o rosto de Camila Rodrigues ficasse marcado. O profissional da dramaturgia explicou que para realizar cenas de agressões, os atores precisam deixar a mão fechada, mas ao mesmo tempo leve, do contrário, quando você acerta o colega de cena, acaba machucando de verdade. 

Ator defende personagem e diz que cultura da época o fez tomar tais atitudes

Para Marone, Nefertari não é digna de pena, pois é tão ruim quanto o seu personagem. O ator está causando na história. Além de pela primeira vez ter um personagem de destaque em uma novela, a trama está fazendo um enorme sucesso de audiência em todo o país. Na última semana, por exemplo, 'Os Dez Mandamentos' chegou a sua maior marca até agora na cidade de São Paulo, 24 pontos de média.

Os melhores vídeos do dia

Cada ponto representa cerca de 67 mil domicílios na região.

Sérgio disse que a rainha do Egito é calculista e muito má e que essas características maléficas foram herdadas da mãe dela, Yunet (Adriana Garambone). Marone ainda disse que o faraó apenas segue a cultura dos egípcios e que apenas teve como exemplo o próprio pai, que mostrou-se irredutível em diversas situações.