Publicidade
Publicidade

A emissora de Edir Macedo, a TV Record, começou a exibir nesta terça-feira, 10, a sequência que mostra a abertura do 'Mar Vermelho', momento mais esperado de 'Os Dez Mandamentos'. Entre a pré-produção e exibição das imagens, o diretor da atração, Alexandre Avancini, demorou um ano. Apenas para o capítulo com a sequência mais famoso do livro de Êxodo, na bíblia, a Record gastou cerca de R$ 1 milhão. Não tão mais caro do que os demais episódios da trama protagonizada por Guilherme Winter (Moisés) e Sérgio Marone (Ramsés).

Publicidade

O investimento valeu a pena. Segundo dados preliminares, a novela chegou a ficar a 11 pontos na frente da Globo, que até há dois meses era líder no horário. 

Como prometido, a abertura demorou longos minutos na televisão e teve diversos takes, que foram da surpresa dos hebreus ao ódio dos egípcios, que liderados por Ramsés queriam seus escravos de volta. O faraó só os libertou depois da décima praga, quando seu primogênito, Amenhotep (João Victor Pires) teve o seu sopro de vida retirado pelo espírito da morte.

No entanto, a mãe do garoto, a rainha Nefertari (Camila Rodrigues) não quis se sentir "por baixo", pedindo a seu marido, que mudasse de decisão e matasse Moisés, nem que isso fosse a última coisa a acontecer na sua vida.

Dados da audiência

'Os Dez Mandamentos' mais uma vez disputou com dois gigantes de audiência. Contra a Rede Globo, a novela da Record precisou lutar contra o 'Jornal Nacional' e também contra a novela das nove, 'A Regra do Jogo'. Sem falar no SBT, que no horário exibe sua trama infantil 'Cúmplices de um Resgate'.

Publicidade
Os melhores vídeos do dia

Às 20h53 “Os Dez Mandamentos” garantia 28,6 pontos à emissora. O “Jornal Nacional” marcava apenas 17,6 para a Globo.Um dos picos de audiência foi registrado às 21:20, quando a Record tinha 28 pontos. A Globo no horário tinha 19 e o SBT 9. No Rio de Janeiro, o folhetim chegou a picos de quase 40 pontos. 

Telespectadores apressados

Eram 20h25 e o comerciante Jackson Soares chegava suado do trabalho em casa no bairro de Vista Alegre, no Rio de Janeiro. Evangélico, ele não queria perder o "capítulo mais esperado do ano".

"Não queria deixar nem um minuto de 'Os Dez Mandamentos' porque vai ser um momento muito bonito", garantiu. E realmente foi. Em se tratando de uma novela, o folhetim adaptado por Vivian de Oliveira se superou. "Nossa, me emocionei muito", disse quase sem fôlego o comerciante de 40 anos, que acompanhou o drama ao lado de sua mulher, Kátia, e de duas filhas.