Taís Araújo já foi chamada pela Polícia Federal para depor a respeito das ofensas racistassofridas em sua página no Facebook. O caso repercutiu em todo o país e milhões de pessoas enviaram mensagens de apoio à atriz.

Ronaldo Oliveira, diretor do Departamento Geral de Polícia Especializada (DGPE), já determinou àDelegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) que seja instaurado um inquérito onde será apurado o crime de racismo contra Taís.

De acordo com o diretor, a atriz será ouvida e todos os envolvidos serão identificados e posteriormente intimados a depor sobre o caso.

A foto de Taís Araújo publicada em sua conta no Facebook é do início do mês de outubro e recebeuvários comentários preconceituosos de perfis diferentes.Assim que as pessoas foram tomando conhecimento do ocorrido, demonstraram carinho e apoio à atriz através da hashtag #SomosTodosTaísAraújo, que logo se tornou um dos assuntos mais comentados do Twitter e durante todo o domingo (01) ficou entre os 10 mais comentados.

E foi através do próprio Facebook, onde foi vítima de preconceito, que a mulher de Lázaro Ramos publicou um belíssimo desabafo e garantiu que iria à Polícia Federal.

"É muito chato, em 2015, ainda ter que falar sobre isso..." - foi o começo da publicação feita pela atriz, que pediu a todos para não se calarem diante do racismo. Ela ainda garantiu que não apagaria nenhum dos comentários para que todos possam ver e sentir vergonha de ainda terem pessoas covardes neste país.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Televisão

"Não vou me intimidar, tampouco baixar a cabeça!", disse Taís Araújo, que fez o que prometeu e esta semana estará contando com a Polícia especializada em crimes pela internet para encontrar os culpados e assim todos eles responderão pelo crime de racismo.

E agora não só a atriz global como também todo o Brasil espera que os culpados sejam identificados, punidos e que sirvam de exemplo para que estes casos não voltem a acontecer.

Infelizmente Taís Araújo não é a primeira vítima destes comentários racistas, mas deixou claro que é preciso não se calar diante deste absurdo.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo