Quando foi anunciado que Mara Maravilha estaria em "A Fazenda 8" o público logo criticou a escolha, afinal o reality é conhecido por suas baixarias, brigas e polêmicas. Sendo evangélica, Mara não se sentiria à vontade em um programa como este.

Mas foi só o reality começar para todos conhecerem um outro lado da baiana que aliás, foi a grande revelação desta oitava edição. Mara praticamente carregou a atração nas costas e garantiu uma boa audiência, para sorte da Record.

O jeito polêmico da cantora gospel lhe rendeu muitos novos fãs, mas também muitos novos inimigos que inclusive, votaram muito na roça em que ela enfrentou Marcelo Bimbi e acabou realmente sendo eliminada.

A ex-peoa não ganhou os R$ 2 milhões, mas conseguiu mostrar um outro lado seu que aliás, ela pretende preservar.

Na manhã desta quinta-feira, dia 24 de dezembro, véspera de Natal, Mara Maravilha este no programa "Morning Show", da Jovem Pan e entre vários assuntos comentou sobre a postura que adotou dentro do reality rural da Record.

E como este lado tem lhe garantido muito sucesso, a intenção da baiana é deixar a imagem de cantora gospel de lado para investir neste seu novo perfil.

Mara reclama que ser cantora evangélica não tem sido bom para sua essência e tudo que ela quer agora é seguir este novo caminho, sendo uma artista que se comunica com o público.

Traduzindo, a ex-peoa quer ser apresentadora e não vai ser de um programa para falar de Deus, mas sim, um programa repleto de polêmicas.

Os melhores vídeos do dia

Como cantora gospel, Mara Maravilha não tem chance de fazer sucesso e sabe que para não cair novamente no esquecimento vai ter que ser aqui fora a mesma pessoa que era dentro da "Fazenda 8".

Além de tentar conseguir um programa na TV, ela ainda tem um projeto voltado para o teatro, onde iria contar histórias da década de 80, mas apesar do teatro estar em seus planos, o que ela quer mesmo é a Televisão.

"Em 2015 vai ser o ano para voltar à TV, com um programa papo reto. Eu quero a Mara polêmica!", garantiu a ex-peoa que está disposta a manter viva a personagem que garantiu à “Fazenda 8” uma ótima audiência.

A dúvida agora é: será que alguma emissora vai apostar em Mara Maravilha, lhe confiando um programa?

Qual sua opinião? Comente!