Anúncio
Anúncio

Como todos sabemos, o Brasil perdeu hoje uma de suas maiores atrizes, senão a maior. A atriz Marília Pêra que faleceu na manhã do sábado, 5 de dezembro, aos 72 anos devido a um câncer ao qual a atriz lutava havia dois anos. Mas o que muito não sabem é que Marília Pêra estava se preparando para filmar uma comédia inédita antes de morrer.

"Dona do Paraíso" seria o nome da comédia, sendo que todas as cenas da comédia já haviam sido filmadas juntamente com todo o elenco contratado. Havia sido até alugado um apartamento no Rio de Janeiro para ensaio de cenas, sendo que a própria casa da atriz também serviu de cenário para o ensaio do elenco.

Como forma de despedida a todos os fãs dessa grande artista, o longa já estava completo.

O fato triste é que não foram gravadas nenhumas cenas; apenas ficaram as testemunhas oculares do último trabalho da atriz, os seus companheiros de elenco, entre eles as atrizes Nanda Costa e Zezé Motta, além do diretor da comédia, o português José João Silva.

Advertisement

A comédia contava a história de uma mulher brasileira que perde uma grande quantidade de terras a uma tribo de indígenas. Marília Pêra fazia o papel principal, viveria a personagem chamada Joan, a denominada dona das terras que seriam tomadas por índios.

Segundo relatos do próprio diretor, a atriz estava empolgada com as gravações e havia gostado da trama, pois segundo ela, abordava de uma forma diferente a questão indígena no Brasil. Marília Pêra adorava o politicamente incorreto.

O último trabalho da atriz será a comédia, esta sim gravada e inédita: "Tô Ryca" cujo diretor é Pedro Antonio, contando com a participação da atriz Samantha Schumtz, sendo que a previsão de lançamento desse filme acontecerá logo no início de 2016.

O velório da atriz foi repleto de companheiros da brilhante carreira da atriz, que era muito querida no meio artístico, todos a veneravam e a tinham como uma verdadeira professora, devido à sua experiência e vivência artística.

Advertisement
Os melhores vídeos do dia

Marília Pêra afirmava que havia feito sua estreia no teatro aos dezoito dias de vida, pois os pais da atriz também eram atores e a levaram para contracenar.