Sim!!! O gigante está voltando. Novela de maior sucesso da história da Rede Record se prepara para regressar a telinha, com novos conflitos, novas histórias e novos personagens, que prometem agitar a trama bíblica.

Apesar de só regressar em março, a direção da trama já começa a se reunir com as principais estrelas da novela para acertar alguns detalhes, já que vai mudar um pouco com a terceirização dos grandiosos estúdios da Rede Record, pela produtora independente Casablanca.

O retorno da trama já preocupa de certa forma a concorrência, já que a novela bíblica da emissora dos bispos conseguiu o mérito de pegar audiência das principais emissoras abertas - leia-se SBT e Globo - além das emissoras fechadas e ainda o público que não assistia nada nesse horário.

A Rede Globo, sendo a mais prejudicada pela trama, já começa a se movimentar. Prova disso é que a emissora da família dos Marinhos antecipou o final da tão aguardada novela de João Emanuel Carneiro - A Regra do Jogo - para antecipar a trama rural - Velho Chico - da família do renomado autor Benedito Ruy Barbosa, que após vários anos levará para o horário das nove uma trama rural.

Tal atitude da emissora mostra que ela está com receio do fenômeno bíblico, e por isso pretende estrear sua novela bem antes para fidelizar o público e assim sofrer um impacto menor, diferente do que sofreu com a estréia de A Regra do Jogo, que além de pegar o horário em baixa, encontrou a Record com o público fidelizado na novela bíblica, e teve que lidar com a fuga dos telespectadores que ficaram órfãos da fracassada Babilônia.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Novelas Televisão

O SBT parece mais tranquilo, mas deve se movimentar nos próximos meses para não perder seu público, já que a novelinha infanto juvenil que antes era vice, sofreu muito nas mãos de "Mandamento", que chegava a registrar o dobro da trama do canal de Sílvio Santos.

O fato é que todas estão com receio, os principais executivos da concorrência temem que a novela bíblica seja um estrondo, tal qual foi a primeira temporada, e por isso se armam como podem.

E se depender dos fãs fervorosos da trama, a segunda temporada fará ainda mais sucesso que a primeira, já que também será a última.

E com a concorrência forte, quem ganha é o telespectador, que tem uma programação cada vez diversificada e de qualidade.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo