Apenas dez meses depois de ter sido contratada pela emissora de televisão Record, a apresentadora Xuxa Meneghel já demonstrou que está irritada com as condições de trabalho oferecidas pelo canal.  De acordo com o site Notícias da TV, os executivos demonstram decepção com a maior contratação que já fizeram, pois esperavam que teria um retorno muito maior. A emissora tinha pretensão de que o programa renderia pelo menos dez pontos no Ibope, mas isso só se concretizou no dia da estreia.

A expectativa da emissora é que o talk show de Xuxa despertasse mais interesse nos telespectadores, mas a apresentadora decepcionou principalmente quando vez insinuações sexuais com Preta Gil e Anitta. Foi em função disso que a emissora preferiu gravar os programas e não mais entrar no ar ao vivo.

Como já era esperado a apresentadora não gostou de ter o programa grava e está tentando convencer a Record a voltar com o programa Xuxa Meneghel ao vivo depois do dia 25 desse mês, mas ao que tudo indica que continue sendo gravado para que possíveis bobagens sejam cortadas e impedidas de ir ao ar.

Outro benefício de usar os programas gravados é a economia com pagamento de adicionais noturnos e horas extras para os funcionários.

A apresentadora também não ficou feliz com o fato de a Record ter terceirizado a produção do programa na cidade do Rio de Janeiro. Quando a loira saiu da Globo, ele levou junto mais 20 profissionais com a promessa de que eles seriam contratados pela Record. O problema foi que a emissora resolveu terceirizar a produção para a produtora Casablanca, assim os colaboradores tiveram que aceitar um novo contrato sem as mesmas condições que a Record oferecia.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Televisão

Na gravação do especial de final de ano da emissora a apresentadora deixou claro que não está satisfeita. Xuxa foi embora antes de a comemoração terminar e foi grossa com uma repórter ao dizer que só espera trabalhar em 2016.

A cúpula da emissora estuda a possibilidade de passar a produção do programa para o setor de jornalismo, como aconteceu com o Programa do Gugu.

 

 

 

 

 

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo