O filme recém-lançado ‘Star Wars Episódio VII – O Despertar da Força será vendido, pela Disney, para um canal de TV americano por US$ 30 milhões. O canal sortudo ainda não foi selecionado, afinal a concorrência está altíssima. A quantia pedida pela Disney também é consideravelmente alta, mas de certo será o melhor investimento do ano para quem concretizar a negociação.

Em 1984, a primeira exibição na TV de ‘Star Wars Episódio IV – Uma Nova Esperança’ foi literalmente um evento nacional, e agora tantos anos depois, com a franquia reanimada e com o tamanho do faturamento da produção nas bilheterias, a primeira mostra de ‘O Despertar da Força’ é sucesso garantido.

Turner, Viacom, A+E Networks, FX Networks, NBC Universal e AMC foram os canais confirmados pela Varity que estão na disputa acirrada.

Canais como ABC e Freeform (antigo ABC Family) não chegaram a competir pela venda porque pertencem à própria Disney, e deverão veicular o filme naturalmente em seu tempo. A publicação foi finalizada mencionando que a Disney tem como objetivo vender os Episódios VII, VIII e IX conforme suas bilheterias.

Ou seja, se o Episódio VIII conseguir ultrapassar os US$ 2 bilhões de dólares em bilheterias, a venda para a TV ficará ao redor de US$ 30 milhões de dólares também, afinal o Episódio VII que está para negociação até o momento arrecadou US$ 1,9 bilhão. Com essa quantia arrecadada, ‘O Despertar da Força’ alcançou o terceiro lugar dos filmes mais vistos de todos os tempos, e caso ele arrecade mais US$ 200 milhões, ele irá para o segundo lugar, desbancando ‘Titanic’, porém, alcançar o primeiro lugar pertencente a ‘Avatar’ não será possível em vista de que a produção liderada por J.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Televisão Cinema

J. Abrams já foi lançada mundialmente e perdeu força nas últimas semanas.

Não foi divulgada nenhuma data de quando a companhia venderá o filme, ou quando ele deverá ser exibido na Televisão, porém deve demorar alguns meses ainda, já que o longa-metragem continua em cartaz na maioria dos cinemas. Mas os fãs podem ficar sossegados, quando as negociações enfim forem concretizadas, o que não vai faltar é marketing para atrair o público para a exibição primária – e todas as outras.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo