Problemas na justiça, falência e alguns rumores sobre a atual vida financeira, nada disso impediu que o Rapper 50 Cent continuasse a gravar boas músicas. Atualmente o cantor norte americano lançou um trabalho que é de uma sonoridade agradável, mas com conteúdo pesado e um toque de resposta aos últimos acontecimentos.

Depois de um desastroso caso na justiça onde ele havia sido condenado a pagar cerca de 2 milhões de dólares a uma moça por divulgar um vídeo dela com o ex namorado fazendo sexo, sendo que a intenção do cantor era usar o vídeo e fazer piadas contra um outro Rapper, o conceituado Rick Ross.

Como o polêmico 50 Cent é esperto, ele tentou uma estratégia para fugir da condenação, declarando assim sua falência, mas o júri não caiu nessa conversa.

Este tipo de situação não é bompara os negócios e claro que sua marca fica manchada no mercado já que nos EUA é comum haver investidores que apostam em artistas, coisa que não acontece no Brasil a não ser investimentos para o futebol e poucos para a arte em geral.

Usar a musica para mostrar o que sente

Recentemente 50 Cent gravou uma música onde diz o quanto ele sofreu na vida fazendo dinheiro no mundo do crime tendo varias mulheres querendo estar com ele.

Na música ele também faz um alerta a "nenhum malandro o atrapalhar", o titulo do som pesado é "I'm the man"que quer dizer "Eu sou o cara", e conta com uma trilha de filme de gangues ao final do vídeo clipe e também outras versões com participação de Lill Wayne e Busta Rhymes.

A resposta de Rick Ross

O milionário Rapper Rick Ross não fica calado quando o assunto é contra atacar 50 cent. Em uma de suas músicas ele fala sobre a vida financeira do cantor e sobre o personagem chamado Pimp Curly, que 50 Cent inventou para "tirar onda", que é apenas um personagem que ele mesmo criou e tem alguns vídeos em um canal na internet.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Famosos Curiosidades

A atração

No mundo do hip hop internacional é comum esse tipo de rivalidade e há boatos de que isso não passa de pura jogada de marketing, já que aumenta a popularidade de ambas as partes rivais. Se isso é verdade ou não, o que o publico realmente quer é ver mais som pesado, como assistir os próximos episódios daqueles filmes de Gangsters e Máfia Italiana.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo